tn_Coleção Sanson

Entre os dias 13 e 19 de outubro, será realizada a 11ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2014, da qual o Museu Imperial é colaborador. Portanto, no primeiro dia do evento, às 15 horas, haverá uma palestra sobre o “Projeto de Digitalização do Acervo do Museu Imperial: acervos digitais, direitos autorais e democratização do conhecimento histórico”, com Jean Bastardis, do DAMI (Digitalização do Acervo do Museu Imperial). O evento é aberto ao público, porém sujeito à lotação de 180 vagas, e será realizado no Laboratório A do LNCC – Laboratório Nacional de Computação Científica, promotor da Semana.
Realizada desde 2004 em todo o Brasil e coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), este ano a SNCT terá como tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”. “A palestra integra o contexto deste tema abordando todo o processo de trabalho de digitalização de acervos promovido pelo DAMI e refletindo sobre os resultados alcançados e sua importância para a democratização do acesso ao acervo do Museu Imperial. Será comentada também a técnica de digitalização com o objetivo de democratizar e promover a produção de conhecimento histórico”, explica Jean Bastardis, administrador de produção do DAMI.
Segundo o profissional, conversar sobre o slogan desta Semana de C&T é importante para o Museu Imperial pois proporciona a divulgação das ações da Instituição relacionadas à gestão de acervos e ratifica seu comprometimento com a produção, divulgação e colaboração científica. “Teremos a oportunidade de popularizar o conhecimento em relação ao trabalho do DAMI e estendê-lo rumo ao franqueamento do acervo à pesquisa acadêmica, particular e escolar. A troca de experiências relacionadas ao acesso ao conhecimento toca a questão dos direitos autorais como uma problemática sempre presente na disponibilização de fontes históricas em ambiente virtual e objetiva promover reflexões sobre as formas atuais de compartilhamento de conteúdo”, completa Jean.
A palestra é aberta ao público, porém sujeita à lotação de 180 vagas. Ao final, todos os presentes recebem um certificado de participação.
Ainda na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2014, o Museu Imperial participa com a Biblioteca Rocambole, que promoverá contação de história para as crianças durante os eventos.
O PROJETO DAMI – O Projeto DAMI (Projeto de Digitalização do Acervo do Museu Imperial), iniciado em 2010, foi idealizado co objetivo de disponibilizar todo o acervo do Museu Imperial na internet, por meio do desenvolvimento de uma base de dados que possibilitasse ao usuário acesso tanto a imagens, representantes digitais de cada item do acervo, quanto ao conteúdo detalhado relativo a cada um deles.
Atualmente, cerca de 6.000 itens museológicos, bibliográficos e arquivísticos encontram-se disponíveis na página do Projeto. São mais de 32.000 imagens de livros, periódicos, correspondência pessoal e oficial, certidões e peças museológicas que recobrem temas variados, sempre relacionados à história do Brasil e da família imperial.
O Projeto vem digitalizando cerca de 2.000 itens, num esforço que produzirá mais de 25.000 imagens, disponibilizadas na Internet com acesso livre e descrições detalhadas. Em 2015, portanto, o Museu Imperial terá disponibilizado mais de 50.000 imagens de aproximadamente 8.000 itens de 30 coleções de seu rico acervo. Esse quantitativo, no entanto, representa pouco mais que 3% de todo o universo de documentos e objetos conservados pelo Museu Imperial.
Para ter acesso aos arquivos disponibilizados pelo Projeto DAMI basta acessar o site museuimperial.gov.br/dami ou, nas redes sociais facebook.com/mimp.dami.
A SEMANA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA – A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2014 é a 11ª edição do evento que conta com a colaboração do setor público e privado, de fundações de apoio à pesquisa, de entidades e instituições de ensino, divulgação e pesquisa, além de secretarias estaduais e municipais, em especial de Ciência e Tecnologia (C&T) e Educação.
O objetivo da SNCT é democratizar o acesso ao conhecimento científico e aproximar a população da ciência e da tecnologia, promovendo e estimulando atividades de divulgação científica em todo país. A temática “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social” visa estimular as instituições a abordar a C&T na dimensão social, como instrumento de inclusão, transformação social e desenvolvimento humano.

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação