tn_Números da Saúde são apresentados em Audiência PúblicaFoi realizada nesta terça-feira (29) na Câmara de Vereadores, a Audiência Pública para avaliação do Relatório de Gestão de Saúde, referente ao segundo quadrimestre de 2014. A apresentação foi conduzida pelo vereador Silmar Fortes (PMDB), presidente da Comissão em Defesa da Saúde.

A sessão plenária, iniciada às 19h, contou com a presença de servidores da área de saúde, do prefeito Rubens Bomtempo, dos secretários André Pombo (Saúde), Carlos Eduardo Galvão Porto (Governo), Aírton Coelho Vieira Júnior (Ciência e Tecnologia), além dos vereadores Ronaldo Ramos (PTC), Gilda Beatriz (PMDB), Thiago Damasceno (PP), Maurinho Branco (SDD) e dos técnicos da Secretaria de Saúde, Ricardo Patuléa (diretor de RH), e Rafael Lemos (diretor financeiro).

Após Silmar Fortes dar início à Audiência, o prefeito Rubens Bomtempo agradeceu aos servidores da área de saúde, pelos esforços desenvolvidos na pasta e citou a situação no atendimento e o aumento de demanda nas unidades hospitalares. “Algumas pessoas estão migrando do sistema privado de saúde para o sistema público e temos de dar conta deste novo quadro que começa a surgir, não só pelo empobrecimento de alguns setores da classe média, mas também pela crise que o sistema privado está passando”, alertou Rubens Bomtempo.
A apresentação dos indicadores de desempenho foi iniciada pelo secretário de Saúde, André Pombo, com a exposição dos dados referentes aos últimos quatro meses de gestão, representados nas planilhas de exames, consultas e atendimentos de especialidades. Foram explanados também os investimentos em reformas e melhorias nas unidades hospitalares do município.

O secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho Vieira Júnior, falou sobre a informatização, que já foi iniciada na saúde, com a conexão das 78 unidades do município, o que irá regular o controle de internações e saídas de pacientes em toda a rede hospitalar.Segundo informou o secretário, o sistema de regulação de urgência e emergência vai disponibilizar, em tempo real, o número de leitos disponíveis nas unidades hospitalares, em cada uma das especialidades.

Rafael Lemos, diretor financeiro da Secretaria de Saúde, apresentou os dados da gestão financeira do quadrimestre. Os indicadores apontaram que 53% do aporte de verbas foram custeados pelo município, totalizando, junto aos investimentos da União e do Estado, a receita de R$ 90.475.422,04.

O presidente da Comissão em Defesa da Saúde, vereador Silmar Fortes, destacou os desafios enfrentados na pasta e citou algumas melhorias que podem ser implantadas. “Sou técnico da área de saúde e acredito que quando as UPAs foram implantadas no município, tecnicamente, deveria ter sido realizado um estudo, pois constatamos que a localização das unidades não foram adequadas. No que diz respeito aos profissionais, temos que propiciar uma carreira no Sistema Único de Saúde, para valorizar os trabalhadores da área, com isonomia, igualdade e justiça. Os desafios são grandes”, enfatizou Silmar.

Durante o encerramento do encontro, às 21h, Silmar Fortes pactuou com os presentes uma nova reunião, antes da prestação de contas do terceiro quadrimestre de 2014, para que os dados apresentados no relatório sejam estudados e discutidos com a Secretaria Municipal de Saúde.
Assessoria Silmar Fortes