vôlei feminino

No jogo que vale a medalha de bronze no vôlei masculino, a seleção brasileira tem grande favoritismo, com 81% de chance de vitória contra a Argentina

Neste sábado, o Brasil disputa três medalhas em esportes coletivos que vão definir a posição do país no ranking dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O futebol masculino joga pelo título contra a Espanha, a partir das 8h30 (horário de Brasília); o vôlei masculino disputa a medalha de bronze contra a Argentina de madrugada, à 1h30; e também na madrugada, mas já no domingo, o vôlei feminino terá uma dura batalha contra os Estados Unidos pela medalha de ouro.

De acordo com as análises da Betfair.net, o Brasil é favorito em dois desses jogos. No futebol, a equipe do capitão Daniel Alves tem leve vantagem sobre a Espanha. A probabilidade do bicampeonato brasileiro é de 54%, contra 46% de chances de título dos espanhóis. Mas a disputa em campo deve ser muito acirrada: o empate que levaria aos pênaltis tem 33% de probabilidade de ocorrer; o Brasil aparece com 36% de terminar o jogo à frente no placar, enquanto a vitória da Espanha tem 31% de chances de ocorrer.

A disputa pelo ouro no vôlei feminino também vai ser difícil, mas dessa vez é nosso adversário que leva pequena vantagem: os Estados Unidos têm 55% de chance de vitória, segundo a Betfair.net, enquanto a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães aparece com 45% de probabilidade de vitória.

Já a partida que definirá o ganhador da medalha de bronze no vôlei masculino deve ser mais tranquila para o Brasil. Depois da frustração de perder para a seleção russa na semifinal, a equipe brasileira tem ótima chance de recuperar a moral com uma grande partida: a probabilidade implícita de vitória brasileira é de 81%, de acordo com a análise da Betfair.net. As chances dos hermanos surpreenderem e conquistarem a medalha são de apenas 19%.

 

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação