tn_Klaus - Ceará 2

 

Foram quase 90 dias tratando de uma lesão grau dois no tendão da perna esquerda. Depois de meses de muito trabalho, nesse fim de semana, o zagueiro Klaus voltou a iniciar uma partida pelo Ceará. Diante do Sport, jogando em casa, ajudou o Vozão a não ser vazado diante do Leão de Pernambuco. O camisa 44 comemorou a retomada normal dos trabalhos para o começo do segundo turno do Campeonato Brasileiro.

 

“Foram muitos dias de tratamento. Nunca na minha carreira tive uma lesão muscular que me tirou tanto tempo de jogo. Por isso, segui, do início ao fim, tudo aquilo que me foi recomendado pelo clube. Hoje, posso dizer que estou muito feliz em poder fazer o que gosto e, claro, ajudar o Ceará já para o turno final do Brasileirão. Foram dias de muito trabalho para poder retornar, jogando desde o início, contra o Sport. Agora é seguir treinando forte para essas decisões que estão por vir na temporada”, ressaltou o defensor.

 

O foco, agora, é a Copa do Brasil, em disputa contra o forte time do Palmeiras. O primeiro confronto será nesta quarta-feira (11/11), a partir das 16h30, na capital paulista, pelas quartas de final da competição. Para Klaus, o Ceará chega para brigar de igual pra igual com o alviverde. O zagueiro salientou a importância de atuar com inteligência nas partidas que estão por vir.

 

“Copa do Brasil é mata-mata e, por isso, jogar com inteligência é sempre fundamental. Temos um time que já conquistou uma grande competição com esse formato na reta final, que é a Copa do Nordeste. Nosso grupo também tem experiência necessária para fazermos confrontos de alto nível com o Palmeiras seja em São Paulo, seja no Ceará. Respeitamos os adversários, mas temos a consciência de que não chegamos aqui por acaso”, definiu.

 

 

 

Crédito da foto: Assessoria de Imprensa | Ceará