tn_Novo CREAS em Itaipava vai atender moradores de Corrêas até a PosseItaipava agora conta com um novo CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) que vai atender moradores desde Corrêas até a Posse. O espaço, inaugurado nesta quinta-feira (13/08) pelo prefeito Bernardo Rossi, é um equipamento da Secretaria de Assistência Social que atende pessoas que estão com risco eminente de violação dos seus direitos sociais ou já tiveram seus direitos violados. O novo CREAS já começa a funcionar a partir desta sexta-feira (14/08).

            “É mais uma conquista para a Assistência Social, que já avançou e muito nestes últimos anos. Petrópolis já contava com um CREAS, no Centro da cidade, e agora com mais essa unidade vai facilitar o acesso aos moradores dos distritos. A instalação de um CREAS nos distritos estava no nosso plano de governo, é um equipamento muito especial, e estamos hoje cumprindo esse compromisso”, frisa o prefeito Bernardo Rossi.

“É muito importante destacarmos o trabalho que o município vem fazendo pela criança e o adolescente. E o CREAS é mais uma conquista para esse suporte”, completa o secretário Chefe de Gabinete, Renan Campos.

O CREAS atende pessoas que sofreram ou sofrem com violência física, psicológica e negligência; discriminação de ordem sexual ou racial; cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto (liberdade assistida e prestação de serviços à comunidade) por adolescentes, e mulheres vítimas de violência doméstica, depois de terem sido atendidas pelo Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM).

“Nós atendemos pessoas com uma vulnerabilidade muito grande e tínhamos o CREAS apenas no Centro pra atender toda a população da cidade. Então tinha uma dificuldade no deslocamento. Agora vai facilitar os usuários. É um equipamento muito importante”, acrescenta a coordenadora do CREAS, Lavínia Monteiro Lima Barreto.

 

A unidade vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com uma equipe de psicólogos, pedagogos e assistentes sociais.

O novo CREAS, que fica na Estrada União e Indústria, 11.325, leva o nome de Nossa Senhora da Saudade, uma devoção que nasceu no Brasil e relembra a imensa saudade que a Virgem Maria teve de seu filho, nos três dias incompletos que seu corpo esteve no sepulcro. A devoção a Nossa Senhora da Saudade nasceu em 30 de março de 1918, após a Virgem Maria ter aparecido em sonho para a Irmã Ignez do Sagrado Coração de Jesus, uma das fundadoras do Carmelo de São José, em Petrópolis, onde se encontra sua única imagem esculpida em mármore branco.

“É importante também agradecermos à madre Cristina e à irmã Graça por terem concedido o uso do nome e a imagem da santa. A escolha de Nossa Senhora da Saudade representa muito da realidade de vida de muitos que buscarão atendimento. Tem tudo a ver com a mãe que vai trazer o filho aqui, por exemplo. O CREAS é um local de esperança, um local onde as pessoas esperam e querem encontrar o consolo na dor. São pessoas e famílias que estão prestes a ter os seus direitos violados ou já violados”, completa Denise.

Também participaram da inauguração o assessor especial de governo, Rodrigo Bueno, a diretora do departamento de Proteção Social Especial, Katia Piva, e o diretor do Departamento de Proteção Social Básica, Rodrigo Lopes.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Petrópolis