tn_Petrópolis Iluminada

Nova etapa do serviço que torna a rede de iluminação pública do município mais eficiente é programada para iniciar semana que vem 50 ruas de 26 bairros estão incluídas no cronograma

 

O programa Petrópolis Iluminada deu início nesta segunda-feira (22.06) à quarta fase do serviço de instalação de luminárias de LED. A novidade é o avanço dos trabalhos para as comunidades: 1.773 mil luminárias que serão colocadas em 50 ruas de 28 bairros. O primeiro local atendido foi o São Sebastião. Esse trabalho torna a rede de iluminação pública mais eficiente, porque a tecnologia do LED permite iluminar mais com menor consumo de energia e menor demanda de manutenções. O Departamento de Iluminação Pública estima uma economia anual de mais de R$ 100 mil com essa medida.

Esta é a quarta fase do serviço de instalação de LED em Petrópolis. Desde 2018, 735 luminárias foram instaladas em 34 ruas do Centro. Nesta segunda, foram realizadas 10 trocas de lâmpadas comuns por LED na Rua São Sebastião. Nos próximos dias, o trabalho será realizado também na Praça João Augusto Borba, Praça Frei Leão, Rua Indaiá, Rua Vital Brasil e Rua Capitão Paladini.

“Investir em iluminação é investir em segurança e em conforto da população. Fizemos um grande trabalho no Centro e agora vamos avançar para os bairros. São 28 bairros que serão que vão receber esse serviço, 50 ruas que vão receber mais iluminação e, com um aspecto importante, gerando economia e eficiência para toda rede. O mesmo bom resultado que já é possível verificar no Centro, agora será visto também nas comunidades, nos locais onde moram os petropolitanos”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

O levantamento feito pelo Departamento de Iluminação Pública das lâmpadas comuns (vapor de sódio) com potências que variam entre 70 e 250 watts, para luminárias de LED entre 50 e 180 watts. Com isso, a redução de consumo de energia anual estimada é de 441 Kw/h.

A tecnologia possibilita, ainda, menor necessidade de manutenções. Isso porque ela tem maior durabilidade. Uma lâmpada de vapor de sódio de 250 w, por exemplo, tem vida útil de 32 mil horas e demanda um reator que dura 20 mil horas (em média). Já uma luminária de LED com 180 w dura 50 mil horas (em média).

Cabe ressaltar que todo estudo do Departamento de Iluminação Pública levou em consideração os índices de iluminação estabelecidos pela ABNT para cada tipo de rua.

O planejamento do serviço de instalação das luminárias de LED se estende até novembro. Além do São Sebastião, também estão incluídos no cronograma: São Sebastião, Posse, Atílio Marotti, Bairro da Glória, Independência, Comunidade do Neylor, Carangola, Comunidade do Alemão, Itaipava, Madame Machado, Morin, Quissamã, Castelânea, Sargento Boening, Chácara Flora, Alto da Serra, Estrada da Saudade, Cascatinha, Pedro do Rio, Dr. Thouzet, Valparaíso, Bairro Esperança, Nogueira, Boa Vista, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Siméria e Quitandinha.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Petrópolis