tn__MG_1650

Na Serra Velha a empresa que liga Petrópolis à Baixada Fluminense foi notificada e intimada pelo órgão

O Procon/Petrópolis vai autuar a Viação Única-Fácil, que na tarde desta quinta-feira (19.03), descumpriu o decreto do prefeito Bernardo Rossi, que proíbe, por 15 dias, a circulação de ônibus vindos da Região Metropolitana do Rio de Janeiro para a cidade e também a saída de ônibus de Petrópolis para a região.
A empresa foi flagrada durante a ação de fiscalização do decreto, coordenada pelo próprio prefeito no Terminal Rodoviário Governador Leonel Brizola. Por volta de 12h20, um ônibus que fazia a linha Rio de Janeiro – Petrópolis tentou desembarcar passageiros. Além do ônibus vindo da região metropolitana, os ficais identificaram ainda outra linha da empresa trazendo passageiros de Juiz de Fora, o que descumpre o decreto do governo do estado, restringindo as viagens interestaduais.
Além da viação Única, a ação do Procon teve como alvo a Viação Trel, empresa que atua no transporte de passageiros entre Petrópolis e a Baixada Fluminense, que acessa a cidade pela Serra Velha. A coordenadora do órgão, Raquel Motta, juntos com os Fiscais do Procon identificaram o desembarque de passageiros além do limite entre a cidade Magé e Petrópolis.

 

“Neste caso a empresa foi notificada e intimada, ou seja, informada oficialmente que a ação contraria o decreto. A reincidência da empresa pode resultar em autuação e multa”, informa a coordenadora.
O decreto 1.095, publicado na quarta-feira (18.03) no Diário Oficial do impede a circulação de linhas intermunicipais que tenham como origem ou destino cidades da Região Metropolitana, onde já há confirmações de casos do COVID-19. O objetivo do prefeito é minimizar por meio da medida a circulação do vírus pela cidade.

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Petrópolis