tn_19d8c2bc-a098-47a3-bf29-14f3b804bc55Antiga Usina da Fábrica Cia. Petropolitana

tn_e3c577fa-024c-4abd-8056-55974f8475ca tn_6c3e6242-0e94-4a26-aa7d-7f639245ddf4 tn_1a6caba9-86d0-453d-8b58-8fe2bda3bc05

 

As fortes chuvas que caíram na tarde de hoje causou perdas e prejuízos por toda a cidade, desta vez, com maior quantidade na subida da serra, Bingem, onde vários carros foram levados pela correnteza. A recepção do Hospital Santa Tereza ficou perto de ser alagada e a entrada de uma faculdade próxima também ficou embaixo d’água.  A fábrica GE Celma também sofreu com a água que invadiu suas salas.
Em muitas ruas o asfalto foi levado.

No Quitandinha, o lago em frente ao Palácio também transbordou e invadiu a churrascaria Lago Sul, além de inundar e carregar os carros que estava estacionados na rua acima.

A Rua Coronel Veiga, como acontece em quase todas as chuvas, também sofreu com o alagamento.

O Centro Histórico também ficou alagado e a parte do rio em frente ao Fórum da Barão do Rio Branco colocou água pra fora.

Também há relatos de que no Alcobacinha, alguns moradores estariam ouvindo estalos nas pedras mas ainda não tivemos confirmação.

Redação do Petrópolis News
Fotos: Edson Telles