tn_IMG_9132

Petrópolis recebeu, pela primeira vez, ocônsul-geral da Itália no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia Del Giudice. O representante italiano se mostrou encantado pela cidade e durante visita à prefeitura, em reunião com o vice-prefeito Baninho, mostrou o interesse em implantar um projeto para o ensino de sua língua nas escolas públicas municipais, além de fortalecer a Casa D’Itália Anita Garibaldi, instituição que representa os descendentes de italianos em Petrópolis.

“Essa é a minha primeira visita a Petrópolis. Todas as três cidades da Região Serrana (Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo) têm uma colônia italiana muito importante, especialmente aqui. Os italianos deixaram sua marca, como na arquitetura, por exemplo”, destacou o cônsul, que fez questão de frisar que está aberto a parcerias com a prefeitura. “A língua italiana é uma prioridade para o nosso governo, por isso, nossa ideia é inserir o ensino do italiano nas escolas públicas”, completou.

De acordo com a Casa D’Itália Anita Garibaldi, Petrópolis tem mais de 115 mil descendentes de imigrantes de italianos e todos os anos celebra a influência dessa cultura com a Serra Serata. “É uma festa linda, que eu e o prefeito Bernardo Rossi acompanhamos desde o início. É muito importante que a gente continue fortalecendo esses laços com a Itália”, destaca o vice-prefeito Baninho.

A comunidade italiana é conhecida, por exemplo, na região de Cascatinha, onde muitos imigrantes se estabeleceram para trabalhar naCompanhia Petropolitana de Tecidos.

A reunião com o cônsul também contou com a presença do diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Marcelo Florencio; a diretora de turismo da Turispetro, Amanda Alvarez, além dos representantes da Casa D’Itália Anita Garibaldi: Graça Vescovini, Pasquale Cutrupi, MarzioFiorini e Anderson Loreti.

 

 
Texto: Assessoria
Foto: Divulgação