tn_IMG_20190926_121106730 (2)

 

Equipamentos e medicamentos já estão sendo adquiridos para a unidade

O Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE) segue recebendo materiais para melhor estruturar a unidade para o atendimento da rede pública de saúde. Para o hospital está previsto o investimento de R$ 1,2 milhão oriundos de emendas parlamentares, voltados para a aquisição de equipamentos e mobiliários. Nesta quinta-feira (26.09) o vice-prefeito Baninho esteve na unidade para receber e verificar os materiais já entregues e acompanhar a chegada de novos equipamentos que vão ser usados para estruturar o hospital e o novo Centro de Municipal de Ortopedia, que vai ser instalado em prédio anexo à unidade.

 

tn_IMG_20190926_122036049

Do valor total de investimentos para a unidade já foram entregues quase R$ 800 mil. Somente nesta semana, desde a última segunda-feira (23.09), além das 7 macas hidráulicas e 3 aparelhos de ultrassom, a unidade recebeu mais 6 cardioversores, 3 desfibriladores e 8 computadores. “Estamos preparando a unidade para receber um ambulatório de ortopedia que será referência no estado e equipando toda a unidade com equipamentos novos e modernos”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

As macas hidráulicas e os aparelhos de ultrassom recebidos no início da semana vão garantir melhorias no atendimento da unidade. As macas serão usadas em unidade intermediária, que fazem a transição dos pacientes da UTI para os leitos clínicos. Os aparelhos de ultrassonografia serão usados para equipar toda a rede pública de saúde, principalmente o ambulatório de ortopedia.  Para esse novo setor também já foi adquirido o aparelho para a realização do exame de densitometria óssea, além de medicamentos, o ácido ialurônico, voltado para o tratamento de artrose.

O CMO será referência para o tratamento de artrose e Petrópolis será o primeiro município do Rio de Janeiro a oferecer o tratamento que oferece alternativa a procedimentos cirúrgicos. No Brasil, o Rio de Janeiro será o segundo estado a contar com ambulatório com aplicação do ácido ialurônico, de alto custo na rede privada. “Estamos equipando a unidade para dar início aos atendimentos no novo setor de ortopedia e atender a demanda do município”, destaca a secretária de Saúde, Fabíola Heck.
Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis