tn_Operação-Sexta-Corda_3

Auditores fiscais identificam irregularidades e orientam empresas participantes do festival

 

A Secretaria de Estado de Fazenda do Rio (Sefaz-RJ) deu início, nesta terça-feira (24/09), à Operação Sexta Corda, cujo objetivo é fiscalizar o cumprimento das obrigações tributárias por parte dos contribuintes que estiverem oferecendo produtos durante o Rock in Rio, que vai acontecer no Parque Olímpico, Zona Oeste da cidade. As empresas também vão receber orientações a respeito das exigências da legislação fiscal.

Os Auditores Fiscais da Receita Estadual (AFREs) vão verificar a emissão das notas fiscais, se as empresas têm autorização de funcionamento da Sefaz-RJ, se a estrutura de cada contribuinte confere com o que foi apresentado no pedido de autorização e também os serviços de buffet em camarins e áreas VIP, entre outros itens. A ação vai começar antes mesmo do início do festival para que seja possível inspecionar a documentação fiscal das cargas que vão chegar para abastecer o evento.

“Eventos como o Rock in Rio atraem um grande número de pessoas e por isso despertam o interesse de muitas empresas. A Secretaria de Fazenda está atenta para que esses contribuintes cumpram suas obrigações junto ao fisco”, disse Rodrigo Aguieiras, Superintendente de Fiscalização da Sefaz-RJ.

A Operação Sexta Corda é a 39ª realizada este ano pela Sefaz-RJ para combater a sonegação fiscal e promover a educação fiscal entre os contribuintes.

 

Assessoria de Comunicação Social

Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro