Torneio Sesi de RobóticaTrês equipes disputarão a final da Olimpíada Brasileira de Robótica e a fase classificatória do Torneio de Robótica

 

Estudantes da Escola Firjan SESI Petrópolis terão um fim de semana para lá de agitado. O domingo (22/9) será dia de duas importantes competições de robótica: a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), realizada no Sesc Quitandinha em Petrópolis e, o Torneio Brasil de Robótica (TBR), na unidade da Firjan SESI Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Ambos eventos têm entrada gratuita.

 

 

Torneio Sesi de Robótica

Três equipes chegaram à final fluminense da OBR, maior competição nacional do assunto. Na etapa regional, realizada em agosto, os estudantes petropolitanos conquistaram o 1º, 3º e 4º lugares no nível 1 (6º ao 8º ano) e, agora buscam os primeiros lugares entre 24 equipes do Rio de Janeiro para que possam se consolidar no cenário estadual. “Com três equipes disputando a final nossas chances aumentam. Acredito que possamos conquistar bons resultados e mostrar que nosso trabalho segue sendo bem executado. O fato de estarmos disputando em nossa cidade nos dá ainda mais animo e confiança”, destaca o professor Robson Thomé, treinador das equipes.

Os times são formados pelos estudantes: Ana Clara de Castro, Guilherme Farias Gonçalves e João Pedro Cardoso Alves (equipe Lego Mind); Gustavo Accioly Soares, Vitor Braga Amorim e Nathan de Souza Mendonça (equipe The Grikos); e Luiza Mayorga Machado, Helena Mayorga Machado, Rafany da Silva Gehren e Bernardo Bussolo Rempto (equipe Lego Queens).

Neste desafio, as equipes terão que configurar um robô autônomo para que ele resgate vítimas em um ambiente de desastre hostil. Todo o processo deverá ser feito sem interferência humana. As duas melhores equipes serão classificadas para a etapa nacional que será realizada em Rio Grande (RS), entre os dias 22 e 26 de outubro.

Os alunos de Petrópolis também vão apresentar suas inovações e aprendizados na etapa estadual do Torneio Brasil de Robótica (TBR). A iniciativa da empresa R2E contará com 38 equipes fluminenses, sendo 13 da Firjan SESI.

Divididos em grupos de acordo com faixas etárias, os competidores deverão identificar problemas e propor soluções inovadoras relacionadas ao tema do evento: Água para o Desenvolvimento Sustentável. Serão avaliadas competências técnicas, científicas, de gestão e escolares, bem como a cooperação, disciplina, liderança, trabalho em equipe e envolvimento dos times.

“O objetivo tem cunho educativo-científico-tecnológico, buscando promover nas crianças e jovens, por meio da robótica, a inovação e o desenvolvimento tecnológico como instrumentos de alavancagem regional, não só na educação, como também no setor industrial”, explica Ana Helena Mendes, analista de Educação da Federação.

Na educação básica da Firjan SESI, a robótica é curricular e segue a metodologia STEAM (Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática), fundamentada em projetos que devem solucionar problemas, a partir de soluções inovadoras e tecnológicas.

Além de Petrópolis, as unidades da Firjan SESI de Nova Iguaçu, Santa Cruz, São Gonçalo, Duque de Caxias, Maracanã, Barra Mansa, Resende e Barra do Piraí terão uma equipe cada. Já a unidade Firjan SENAI SESI Jacarepaguá conta com quatro equipes inscritas. As equipes que avançarem competirão na etapa nacional, em Guarulhos (SP), em 07 e 08/12.

A robótica educacional tem um papel importante para o desenvolvimento integral do estudante. O aluno coloca em prática os conhecimentos construídos nas demais disciplinas, de forma autônoma e colaborativa, desenvolvendo competências e ampliando seu repertório cultural e tecnológico.

 
Texto: Assessoria
Foto: Divulgação