Doctor holding heart

Todas as unidades de saúde abordarão o tema e no dia 25 ações serão concentradas na UBS do Independência

            A promoção da saúde e a prevenção de doenças, em especial as cardiovasculares, serão o foco das atividades da Secretaria de Saúde do dia 23 ao dia 27 deste mês, para comemorar o Dia Mundial do Coração. Durante cinco dias, que antecedem a data comemorada no dia 29, serão reforçadas as ações de orientação em todas as Unidades Básicas de Saúde e no dia 25 de setembro, a intensificação será na UBS do Independência, onde os profissionais de saúde estarão de 9h às 16h, realizando atendimentos com o intuito de sensibilizar a população para o cuidado da saúde.

Serão realizadas aferição de pressão arterial, glicemia capilar, orientação nutricional, prevenção ao tabagismo, teste rápido para as Infecções Sexualmente Transmissíveis, alerta para o cuidado com a saúde e segurança do idoso, além de atividades físicas com os profissionais da Academia da Saúde. “Essa é uma ação de grande importância com foco na prevenção da saúde. Nossas unidades são voltadas para o cuidado preventivo, no acompanhamento de rotina dos pacientes inseridos na rede. Esse será um dia de fortalecer esse propósito”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

O município acompanha os índices nacionais de ocorrências com doenças crônicas não transmissíveis, como a hipertensão arterial, o diabetes, doença crônica de coluna, colesterol. Esses são principais fatores para as doenças cardiovasculares, responsáveis no Brasil, por 72% das causas de morte.

Este ano foram atendidos na rede pública do município, até o momento, cerca de 150 mil pacientes com algum tipo de doença relacionada ao coração. “Essa é uma importante parcela da população atendida. É preciso alertar sobre os cuidados preventivos que são de grande eficácia para se evitar que os quadros clínicos se agravem. Nesses dias faremos uma intensificação para o tema, mas o assunto é abordado de forma rotineira em todas as unidades de saúde”, destacou a secretária de Saúde, Fabíola Heck.

A iniciativa visa alertar a população para a gravidade das doenças crônicas não transmissíveis, que atinge cerca de 40% da população brasileira. O levantamento do Ministério da Saúde, em parceria com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que essas enfermidades afetam 44,5% da população feminina, aproximadamente 35 milhões de mulheres e em torno de 23 milhões de homens, que representa 33,4% em todo o país. As doenças estão associadas diretamente aos hábitos e estilo de vida do cidadão, sendo agravadas quando relacionadas ao tabagismo, consumo abusivo de álcool, excesso de peso, níveis elevados de colesterol, baixo consumo de frutas e verduras e sedentarismo.

A semana de intensificação do cuidado com o coração visa fazer um alerta para a mudança de hábitos, que vai influenciar diretamente na melhoria da qualidade de vida da população. Além da ação de intensificação no dia 25, todas as unidades da saúde vão realizar atividades ao longo do período para fortalecer o trabalho já realizado em toda a rede. A Secretaria de Saúde conta com programas de saúde direcionados para a prevenção das doenças que culminam em problemas cardiovasculares. Em cada unidade são realizados grupos de trabalho para os programas de hipertensão e diabetes, tabagismo, câncer, doenças pulmonares, entre outros. “As doenças cardiovasculares não são isoladas, existem vários fatores que levam e agravam o quadro e vamos aproveitar esse momento para chamar a atenção para os cuidados necessários”, destaca a responsável pelo programa de Doenças Crônicas e Agravos não Transmissíveis, Cátia Regina Silva Pinto.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis