Tenda do CAPS-AD III realiza ação no Dia Mundial de Prevenção às Drogas

Nesta quarta-feira (26.06) ações de conscientização e prevenção tomam conta da Praça da Liberdade

            O Dia Mundial de Prevenção às Drogas vai ter ação de conscientização durante a programação da 30ª Bauernfest, na quarta-feira (26.06). A tenda do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e outras Drogas III (Caps-AD III), instalada na Praça da Liberdade, vai sediar oficinas arte, música e teatro com a temática da prevenção. Ações de promoção de saúde e rodas de conversas também serão promovidas, das 9h às 18h, pela Coordenadoria de Política sobre Drogas em parceria com o Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (CMPD).

A tenda do Caps-AD III funciona desde o primeiro dia da festa do colono e tem atraído cerca de 60 pessoas diariamente. No local são feitas abordagens à população com distribuição de panfletos e cartilhas, além de estar sendo base de algumas ações desenvolvidas com os pacientes do Caps, como palestras, debates, exibição de filmes e apresentação de performances teatrais. No dia da conscientização mundial, o intuito vai ser fortalecer o trabalho de prevenção. “É muito importante a abordagem do tema, está sendo muito oportuno esse debate, nesse momento de grande movimento na nossa cidade”, destaca o prefeito, Bernardo Rossi.

A instalação da tenda na Praça da Liberdade e a realização das ações de conscientização ocorrem em momento em que se intensifica o trabalho de prevenção em todo o país. O evento de quarta-feira (26.06) fecha a 21ª Semana Nacional de Prevenção às Drogas. “Essas ações fortalecem a importância de se estabelecer uma política pública de prevenção às drogas. Estamos tendo resultados positivos durante as ações desenvolvidas na Bauernfest”, destaca a secretária de Saúde, Fabíola Heck.

De acordo com a coordenadora do Caps-AD III, Leandra Iglesias, dos cerca de 3 mil atendimentos mensais, 85% são de casos de uso de bebidas alcoólicas. Na sequência estão os usuários de drogas ilícitas, 80% dos pacientes são usuário de maconha e 65% de cocaína.

Além de disseminar das informações preventivas com o público em geral, a iniciativa tem promovido a reinserção social dos pacientes atendidos no Caps. Algumas atividades complementares ao tratamento dos usuários estão sendo transferidas para a tenda como as abordagens em grupos, oficinas terapêuticas, terapia de consciência corporal, exercícios de relaxamento, aferição de pressão e sinais vitais, apresentações teatrais com os pacientes da unidade, oficina de música e cinema.

Palestras com estudantes da rede pública também estão sendo realizadas. Ao longo do evento, ainda são feitos alertas sobre os riscos do uso de drogas na direção, do consumo entre gestantes e da proibição de venda a menores de idade. “Estamos conseguindo levar nossa mensagem. Tem sido uma semana muito produtiva”, conta Leandra.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis