tn_Animais peçonhetos (1) (2)

Unidade tem estoque renovado para o atendimento durante o feriado

O polo de soroterapia antirrábica e animais peçonhentos no município, localizado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Centro, está com o estoque de soros e vacinas completo. O setor conta com 100 doses de vacinas antirrábicas e 80 ampolas de soros, entre os quais os antirrábicos e os indicados para o atendimento de acidentes com animais peçonhentos. A Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica receberá mais um reforço nesta quarta-feira (17.04), quando mais 200 doses de vacina antirrábica e 54 ampolas de soro serão fornecidas pela Secretaria de Saúde do Estado. Esse quantitativo atende à demanda do município, que tem o estoque renovado para o próximo feriado prolongado.

A recomendação da Secretaria de Saúde é de que havendo acidentes com mordidas ou ferimentos causados por cães, gatos, animais silvestres ou peçonhentos, as vítimas sejam encaminhadas diretamente ao polo da UPA Centro. No local, a gravidade de cada caso será avaliada para a definição do procedimento mais adequado, seja para a aplicação de vacinas e soros. No caso de acidentes com cães, gatos e animais silvestres, será avaliada a necessidade de aplicação de vacinas ou soro, a depender da gravidade. Para o tratamento de acidentes com animais peçonhentos são vários os tipos de soros. Os casos de picada de cobras são tratados com os antiofídicos, específicos para ataques de espécies como jararaca, cobra coral e cascavel, que são os tipos já identificados na cidade. O polo de Petrópolis também conta com soros antiescorpiônico e antiaraquinídeo.

“Temos toda a estrutura preparada para o atendimento da população, com um polo especializado, com estrutura para oferecer todo o suporte aos pacientes”, destaca o prefeito Bernardo Rossi. A escolha da UPA Centro como o polo de Petrópolis leva em consideração o maior número populacional do primeiro distrito, além de atender as recomendações de que o polo funcione em unidade de atendimento 24 horas, com serviço intensivo para o suporte aos casos mais graves que necessitam de monitoramento.

“A nossa referência para esses casos, é a UPA Centro por ser localizada em território de maior população e contar com toda a estrutura necessária para o atendimento. É importante que a pessoa que sofra algum tipo de acidente com um desses animais, se dirija rapidamente para o nosso polo”, destaca a secretária de Saúde, Fabíola Heck.

A manutenção do estoque do município é feita pela Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica que controla a quantidade de doses que atenda a demanda do município. Nos primeiros três meses do ano, foram registrados 420 atendimentos, dos quais 332 foram tratados com vacinas e 61, receberam doses de vacina e soros, indicados para os casos de maior gravidade. Para alguns casos registrados nesse período, não foi necessária a soroterapia. A Secretaria de Saúde do Estado é a responsável por manter todos os estoques municipais em dia. A região Serrana conta com três setores especializados em Petrópolis, Nova Friburgo e Teresópolis, que suprem as necessidades de cada polo em casos urgentes entre as regiões.

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis