tn_Campanha de doação de sangue da Corrida do Trabalhador começa nesta quarta-feira

 

Um ato de solidariedade aliado a prática esportiva. Começa nesta quarta-feira (10.04) a campanha de doação de sangue que vai garantir a inscrição na Corrida do Trabalhador. Os primeiros 150 corredores que que participarem da ação estarão confirmados na prova, que será realizada no dia 1º de maio. A iniciativa tem como objetivo ajudar a abastecer os estoques do banco, que atende as duas UPAs da cidade, o CTO, o Hospital Unimed e o próprio Hospital Santa Teresa, que é referência em atendimento de feridos de acidentes de trânsito.

O kit da corrida neste ano conta com a numeração, chip de cronometragem, mochila saco e garrafa. Ao todo, serão mil vagas gratuitas para a Corrida do Trabalhador – pela internet, as inscrições serão abertas no dia 22 de abril. As matriculas também podem ser feitas de maneira presencial, em data definida após o encerramento de vagas online. A prova é a mais tradicional do calendário esportivo de Petrópolis, sendo a terceira a contar pontos para o ranking municipal.

“O corredor de rua tem um grande espírito solidário, e por conta disso, buscamos a parceria com o Banco de Sangue, com o objetivo de reforçar os estoques”, destaca o prefeito Bernardo Rossi, lembrando ainda que a Corrida do Trabalhador também recolhe latas de leite em pó e tênis usados.

“Vamos aproveitar para ajudarmos não apenas o banco de sangue, mas também instituições carentes do município através de doações. É a principal prova do nosso calendário e esperamos que seja mais uma vez um sucesso”, frisa o prefeito.

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, de 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen – Ao lado do HST.

A parceria entre a Superintendência de Esportes e Lazer e o Banco de Sangue também acontece dentro da programação dos jogos estudantis. As escolas que levarem o maior número de pessoas para a mobilização ganharão pontos equivalentes a uma modalidade esportiva.

“Não apenas no Jeups, mas a campanha também vale para os Jogos Estudantis Municipais”, frisa Leandro Kronemberger, superintendente de Esportes e Lazer.

“São atividades muito importantes para os alunos, além da sala de aula. A prática esportiva é sinônimo de saúde e de qualidade de vida, além de contribuir na formação pessoal dos estudantes. Desde o início da gestão do prefeito Bernardo Rossi, buscamos incentivar que a participação dos jovens nas mais diversas atividades”, explica Leandro.

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis