tn_IMG_2918

Ação vai garantir a inscrição de 150 atletas e vale até o dia 30 de abril

A campanha de doação de sangue que vai garantir a inscrição de 150 atletas na Corrida do Trabalhador começa no dia 10 de abril. Os atletas que participarem da ação no Banco de Sangue Santa Teresa estarão confirmados na prova, que será realizada no dia 1º de maio. Além de garantirem a vaga, os primeiros 50 também ganham uma camisa exclusiva. A iniciativa tem como objetivo ajudar a abastecer os estoques do banco, que atende as duas UPAs da cidade, o CTO, o Hospital Unimed e o próprio Hospital Santa Teresa, que é referência em atendimento de feridos de acidentes de trânsito.

O kit da corrida neste ano conta com a numeração, chip de cronometragem, mochila saco e garrafa. Ao todo, serão mil vagas gratuitas para a Corrida do Trabalhador – a data de abertura das inscrições presenciais e pela internet será divulgada em breve. A prova é a mais tradicional do calendário esportivo de Petrópolis, sendo a terceira a contar pontos para o ranking municipal.

“O corredor de rua tem um grande espírito solidário e acredito no sucesso da campanha”, destaca o prefeito Bernardo Rossi, destacando que a Corrida do Trabalhador também recolhe latas de leite em pó e tênis usados. “Vamos aproveitar para ajudarmos não apenas o banco de sangue, mas também instituições carentes do municípios através de doações. É a principal prova do nosso calendário e esperamos que seja mais uma vez um sucesso”, frisa o prefeito.

A parceria entre a Superintendência de Esportes e Lazer e o Banco de Sangue também acontece dentro da programação dos jogos estudantis. As escolas que levarem o maior número de pessoas para a mobilização ganharão pontos equivalentes a uma modalidade esportiva. A novidade vale tanto para o Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups) quanto para o Jogos Estudantis Municipais (Jems).

“O esporte é sinônimo de saúde e de qualidade de vida, além de contribuir na formação pessoal dos estudantes. As campanhas em parceria com o Banco de Sangue incentivam também o espírito de solidariedade. Desde o início da gestão do prefeito Bernardo Rossi, buscamos incentivar que a participação dos jovens nas mais diversas atividades”, disse Leandro Kronemberger, superintendente de Esportes e Lazer.

Critérios para doação

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, de 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen – Ao lado do HST.

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis