FirjanResultado de pesquisa da federação atingiu 60,4 pontos, o melhor resultado para o mês de janeiro desde 2011

 

Os empresários industriais fluminenses começaram o ano mais otimistas. É o que mostra o Índice de Confiança do Empresário Industrial Fluminense, elaborado pela Firjan, que atingiu 60,4 pontos em janeiro. Desde 2011, esse é o maior resultado para o mês. A pesquisa, composta por indicadores de condições atuais e de expectativas, varia de zero a cem pontos. Os resultados acima de 50 indicam otimismo.

 

O destaque nesta edição foi o indicador de expectativas para os próximos seis meses que registrou 66 pontos, também o maior valor para o mês de janeiro desde 2011. Na comparação com janeiro de 2018, houve avanço de mais de 10 pontos. A expectativa é positiva com relação à economia brasileira, fluminense e à situação das empresas.

 

A expectativa relacionada à demanda por produtos também melhorou. No início do ano passado, o indicador ficou em 52,3 pontos e neste ano registrou 59,1. O indicador de compra de matéria-prima também cresceu. Com isso, os empresários indicaram que pretendem retomar as contratações. Porém, para a realização de novos investimentos, ainda aguardam a redução da ociosidade e a recuperação efetiva da situação financeira das empresas.

 

O indicador de condições atuais registrou 49,2 pontos, representando pessimismo mesmo com o crescimento em relação a janeiro do ano passado. O resultado foi influenciado pela avaliação negativa da conjuntura econômica do estado, uma vez que a percepção sobre a economia brasileira e a situação da própria empresa seguiu positiva.

 

___
O Índice de Confiança do Empresário Industrial Fluminense pode ser acessado através deste link: https://www.firjan.com.br/publicacoes/publicacoes-de-economia/sondagem-industrial-do-rio-de-janeiro.htm

 

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação