Incêndio destrói centro de saúde indígena em Roraima

Órgão é responsável por prestar atendimento a 53 mil pessoas

Um incêndio destruiu nesta quarta-feira (21) o prédio do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Leste Roraima, em Boa Vista, responsável pelo atendimento de 53,2 mil pessoas.

O Conselho Indígena de Roraima (CIR) protocolará um pedido de investigação ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal.

O fogo começou pela madrugada e até o final da manhã não havia sido controlado. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil devem preparar um laudo pericial sobre a causa do incêndio. Não há estimativa do prejuízo.

De acordo com um levantamento preliminar do CIR, equipamentos e medicamentos novos que seriam distribuídos às comunidades foram destruídos, assim como veículos. O prédio passava por uma reforma na fiação.

O incêndio ocorreu em um momento de crescente tensão entre índios e não índios em Roraima. Uma recente operação do Exército e da PF retirou 1.900 garimpeiros da Terra Indígena Ianomâmi, segundo os militares.

Por outro lado, os índios temem que o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), cumpra a promessa de campanha de reverter a demarcação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol e entregá-la para fazendeiros brancos. Com informações da Folhapress.

Fonte: Noticias ao Minuto