tn_Festival de Impacto reúne cerca de 2 mil pessoas em Curitiba

Público se inscreveu gratuitamente para assistir as palestras, que discutiu negócios de impacto

A primeira edição do Festival de Impacto – Transformando negócios e investimentos, que aconteceu entre os dias 05 e 09 de novembro, em Curitiba (PR), contou com cerca de 2 mil inscritos, com diversos perfis, como investidores, empreendedores, consultores e poder público. Com entrada gratuita, o evento apresentou mais de 10 palestras, debates e rodas de conversa sobre negócios de impacto, divididos em alguns temas, como investimentos, terceiro setor e setor público, papel das fintechs, os desafios da educação e cases de empresas.

“Unir lucro com fazer o bem” é uma das propostas do Festival de Impacto, de acordo com Rachel Sampaio de Andrade, uma das organizadoras do Festival de Impacto. Ela afirma que os modelos mais tradicionais de negócios estão passando por mudanças e a intenção do Festival é chamar a atenção para que os problemas sociais e ambientais não precisem ser solucionados apenas pelo Estado, mas também por empresas, com propósito com ou sem fins lucrativos. “O Festival trouxe casos práticos muito inspiradores de pessoas que estão sendo bem sucedidas em ganhar dinheiro resolvendo problemas sócio-ambientais, articulou diversos segmentos para olhar para as iniciativas de impacto, provocou agentes públicos a se articularem para formar uma rede de fomento aos negócios de impacto e deu visibilidade à inúmeros empreendedores sociais”, conta.

A abertura do Festival, no dia 05 de novembro, contou com a palestra “O que o seu dinheiro nutre?”, do espanhol Joan Melé, ex-diretor do Triodos Bank, pela Rede Dinheiro e Consciência. Nos outros painéis, estiveram presentes os seguintes palestrantes: Ariane Santos, da Badu Design – Negócio Social, Marcel Fukayama, co-fundador do Sistema B Brasil, Alexandre Lindenbojm, da Wright Capital Wealth Management, Marcelo Cardoso, ex-executivo e administrador, Claudio Maes, coordenador da CVM, James Marins, co-fundador do Instituto Legado, Maria Teresa Fornea, fundadora da Bcredi, Luiz Carlos Demattê Filho (CEO da Korin Agricultura e Meio Ambiente), Marcelo Pinhel, especialista em Internet das Coisas, telemetria e desenvolvimento de produto, Fernando A. Simões Filho, da Bemtevi – Negócios Sociais, Taynaah Reis, da Moeda Seeds, Alex Bretas, entre muitos outros.

Durante a programação, as palestras foram realizadas em diversos pontos da cidade, como Museu Oscar Niemeyer, Vale do Pinhão, FAE Business School, PUCPR, Ebanx, Universidade Positivo, Hotel Pestana e FIEP. A festa de encerramento aconteceu no MON e teve a apresentação do músico Chico Salem.

O Festival de Impacto foi realizado pelo Instituto Legado e o Projeto Libria. Com apoio inicial do ICE, Vox Capital e Impact HUB e patrocínio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, dentre outros, o evento envolveu mais de 30 empresas dos mais diversos segmentos no formato de apoio, além de cerca de 50 profissionais inquietos que atuaram de forma voluntária. Mais informações no site www.festivaldeimpacto.com.br.
Texto: Assessoria
Foto: Divulgação