tn_Orquestra - jovem - de violões Raphael Rabello

 

A produtora Bem Cultural estará lançando ao público e grande evento, no dia 31 de outubro de 2018 às 18h30, mais um projeto importantíssimo para o cenário cultural da cidade de Petrópolis e, com orgulho, será desenvolvido em parceria com a Casa da Educação Visconde de Mauá, onde já existem cerca de 10 turmas voltadas somente para oficinas de violão, envolvendo alunos da Rede Municipal de Ensino. O projeto da ORQUESTRA – JOVEM – DE VIOLÕES RAPHAEL RABELLO  nasceu de inúmeras reuniões, sonhos e conversas   de Catarina Maul com os músicos e professores Lucas Gotelip, Rodrigo D´Avila e João Pedro Gomes. O não conformismo artistico, que é o que faz  os agentes da arte buscarem evolução constantemente, é a mola propulsora para todos os envolvidos neste sonho, que já vislumbram quantas vidas de crianças e jovens de 8 aos 21 anos poderão ser transformadas com essa oportunidade.

Homenagear o petropolitano Raphael Rabello, um dos maiores violonistas do Brasil de todos os tempos, falecido precocemente aos 32 anos no ano de 1995, é uma forma de valorizar a cidade de Petrópolis e fazer justiça com um dos mais virtuosos músicos nascidos na serra petropolitana, pois pouco se fala sobre esse detalhe que tanto nos orguulha, mesmo ele tendo gravado mais de 20 discos e ter participado de mais de 700 gravações com músicos como Tom Jobim, Ney Matogrosso, Elizeth Cardoso, João Bosco, e internacionais como Paco De Lucia, o maior violonista do mundo, e Paul Simon.

A ideia é que a Orquestra seja formada com 80% de alunos da Rede Municipal de Ensino e 20% por alunos de qualquer rede, desde que um dia tenham sido estudantes de escolas municipais. Este cuidado de agregar vem por conta de que muitos alunos, aos 14 anos, conquista, bolsas em escolas particulares ou migram para escolas estaduais, visto que o município não comporta o Ensino Médio.

A parceria entre a Bem Cultural e a Casa da Educação possibilitará uma estruturação mais veloz, pois a união entre  as iniciativas pública e privada têm sido solução para o sucesso de muitos projetos.

Durante a última semana, a equipe viveu fortes emoções, pois Catarina Maul, produtora executiva da Bem Cultural e diretora da Casa da Educação Visconde de Mauá, fez contato com a família de Raphael Rabello, que prontamente e emocionada, deu total aval e apoio para o projeto que já nasce envolvido num manto de amor e gratidão. O irmão do músico, Ruy Fabiano, jornalista residente em Brasilia, foi o primeiro a colocar-se à disposição. As filhas Diana e Rachel enviaram mensagens de apoio e incentivo por e-mail. Rachel escreveu: “Como filhas, eu e minha irmã damos todo aval para esta bela iniciativa! E sentimo-nos muito honradas. Parabéns pela escola que você dirige, essas atividades complementares muitas vezes são a única alegria na vida das crianças. Uma escola como essa é capaz de mudar a vida de muitas delas…”.

Mas, a grande emoção semanal foi o convite de Luciana Rabello, irmã mais próxima de Raphael Rabello em idade, sendo um ano mais velha apenas, para assistir sua aula na UNIRIO e assistir o Bandão que acontece no espaço.

A equipe do projeto foi recebida e enaltecida em muitas falas da musicista que, emocionada, falou de sua infância com o irmão em Petrópolis, a rua onde morava (vila onde hoje reside o professor João Pedro Gomes), e o plano que tinham de  um dia voltarem para Petrópolis. Para Raphael Rabello não deu tempo, mas ainda espera-se que Luciana possa trazer para sua cidade um polo da sua Escola Portátil de Choro. E que Raphael Rabello e sua trajetória esteja, de alguma forma presente, neste projeto que desconhece-se outro similar em todo o interior do estado do Rio de Janeiro.

Toda obra artística começa com um sonho, e esta etapa já é parte da realidade.

O lançamento será na Casa da Educação Visconde de Mauá, 31 de outubro, dia do nascimento de Raphael Rabello, às 18h30.  A Casa da Educação fica na Rua Barão do Rio Branco, 03.

 

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação