tn_Academias da SaúdeYoga, acupuntura, shiatsu e floral estão entre as atividades oferecidas

As academias da Saúde do município já estão contando com as Práticas Integrativas e Complementares de Saúde (PICS), que são procedimentos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Na terça-feira (18.09), as atividades começaram pela Academia da Saúde do Vale do Carangola e, nesta quarta (19.09), no Castelo São Manoel.

A implantação do serviço acontece graças ao convênio firmado pela Secretaria de Saúde com a Associação Petropolitana de Profissionais de Práticas Integrativas Complementares de Saúde (APPPics). As inscrições estão abertas nas quatro unidades do município. Para participar, basta procurar uma das quatro unidades do município com documentos pessoais (RG ou CPF).

“Estas terapias são bastante conhecidas e ajudam a trabalhar a prevenção à Saúde. Já realizamos este tipo de prevenção fomentando o incentivo à atividade física nas quatro academias da Saúde e, agora, temos este estímulo, promovendo estas práticas integrativas e dando acesso para quem não tem condições de buscá-las em um espaço privado”, disse a secretária de Saúde interina, Fabiola Heck.

São exemplos destas práticas atividades como yoga, acupuntura, shiatsu e shantala. Estes tratamentos ajudam a melhorar quadro de doenças e dar mais qualidade de vida. A ideia é que cada uma das quatro academias tenha um dia reservado para estas práticas. Nesta quinta (20.09), as atividades serão levadas à unidade do Parque Cremerie e, na sexta (21.09), para o Parque de Itaipava.

“A Associação está disponibilizando os profissionais para atendimento nas Academias. Caberá a nós das Academias acompanhar todo o processo para oferecer aos usuários do SUS essas alternativas inovadoras na promoção da Saúde Desejamos estimular essas práticas socialmente contribuitivas ao desenvolvimento sustentável de comunidades, ampliando o acesso às PICS, garantindo qualidade e eficiência”, declarou a coordenadora das Academias da Saúde, Márcia Verônica.

A terapeuta Denise Campinho, de 64 anos, participou da primeira aula de yoga na Academia da Saúde do Castelo São Manoel. Ela soube do trabalho através da equipe de Saúde da Família do Posto de Saúde do bairro e ficou animada para participar. A terapeuta disse que vai compartilhar a notícia na comunidade, principalmente, entre amigos e parentes.

“É magnífico! Por trabalhar na área, sei bem da importância e o quanto faz bem estas práticas. Poder vê-las disponíveis à população é uma grande felicidade. É questão de prevenção à Saúde. Sou moradora do bairro, conheço toda a equipe e sei do comprometimento de todos eles. Espero que mais e mais pessoas conheçam o trabalho e participem também. Meu marido já se inscreveu para participar do shiatsu”, disse Denise.

Estão sendo oferecidos, também, terapias florais, fitoterapia e terapias comunitárias. Os usuários que participarem das atividades de floral nas academias da Saúde vão contar com descontos na aquisição de essências que ajudam no tratamento. A APPPics selou um acordo com duas clínicas de homeopatia, que vão oferecer as composições com valores mais acessíveis. A terapeuta especialista, Valéria Borges, conta que os benefícios deste tipo de tratamento na prevenção de doenças são inúmeros.

“Estou há 22 anos nesta área e é um prazer muito grande ver as pessoas sendo beneficiadas com o nosso trabalho. Por 15 anos atuei como voluntária em uma pastoral, atendendo pessoas que não tem condições de pagar pelos trabalhos, e sei do quanto isto é importante para o acesso da população. A cada sucesso que obtenho com meus pacientes mais me sinto fortalecida em seguir neste caminho”, contou a terapeuta floral.

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis