tn_Vacinação (1)Período de vacinação vai até o próximo sábado (22.09)

 

A Campanha de Vacinação contra Sarampo e Poliomielite tem sequência, nesta semana, em todo o estado do Rio de Janeiro. Em Petrópolis, a campanha imunizou 80% do público alvo, que são crianças de um a menores de cinco anos. No último sábado (15.09), aconteceu o Dia D de vacinação, com nove postos de saúde funcionando, que vacinou 110 crianças. A campanha segue até o próximo sábado (22.09).

 

tn_Vacinação (2)

“Estamos com 15 postos aplicando as vacinas de segunda a sexta-feira durante a campanha e devemos reforçar a importância que tem a de os pais levarem os filhos para vacinar. Esta é a última semana e é fundamental que não se deixe para a última hora. O responsável deve levar a caderneta de vacinação”, destacou a secretária interina de Saúde, Fabiola Heck.

Até esta segunda-feira (17.09), foram aplicadas durante a campanha, no município, 11.466 doses da vacina contra a poliomielite e 11.352 de triviral, vacina que previne sarampo, rubéola e caxumba. A estimativa da Secretaria de Saúde é que 14 mil crianças sejam imunizadas até o fim da campanha. As 15 salas de vacinação funcionam de segunda a sexta-feira.

“Pela imunização de rotina, a vacina triviral deve ter primeira dose aplicada quando completado um ano de vida, com reforço com um ano e três meses. Quem não está no público alvo da campanha e já tem doses de acordo com o calendário de vacinas não precisa ser vacinado novamente”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger. A aplicação da triviral fechou o ano passado com 73% de cobertura e contra a poliomielite com 71%.

No Dia D, o movimento nas nove salas de vacinação foi tranquilo durante todo o dia, mas quem aproveitou para levar o filho para vacinar no Centro de Saúde Coletiva teve uma surpresa. Um grupo de médicos trapalhões que fizeram a alegria das crianças e funcionários da unidade. São os Doutores de Esperança, uma equipe de voluntários que se vestiram de palhaço para melhorar o clima de tensão, comum entre as crianças nos momentos em que antecedem o da vacina.

“A ideia do nosso grupo é justamente essa, de transformar estes momentos em minutos de alegria e diversão. Geralmente, as crianças chegam à vacinação com muito medo, apreensivas, tensas, e desejamos mudar um pouco isso. É um sentimento de gratidão, em cada sucesso que temos”, disse o coordenador do grupo, Ricardo Beck.

O Brasil não registra casos de poliomielite desde 1990. No entanto, apesar da erradicação ter sido feita há 28 anos, o país mantém a vacina no calendário nacional. Quanto ao sarampo, há 26 anos Petrópolis não registra casos da doença. Este ano, 18 casos foram confirmados no estado, sendo 15 na cidade do Rio, dois em Duque de Caxias e um em Niterói.

 

O cozinheiro Adriano Leal, de 47 anos, levou o filho Pietro para vacinar no Centro de Saúde. Esta foi a oportunidade, já que teve o sábado livre e não poderia deixar de aproveitar para imunizar o filho.

“Tenho dificuldade para conciliar os horários e poder trazê-lo, mas graças ao Dia D tive essa possibilidade. Achei bem bacana o trabalho do pessoal que alegra estes momentos. A vacinação é muito importante e não podemos deixar o medo atrapalhar este momento”, disse Adriano.

No próximo sábado (22.09), último dia da Campanha, a imunização vai estar disponível na sala da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, que fica ao lado do Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp. O posto vai funcionar das 8 às 16h.

 

Veja a lista com as 15 salas que participam da Campanha de segunda a sexta-feira:

PSF Alto da Serra

PSF Posse

PSF São Sebastião

UBS Alto Independência

UBS Morin

UBS Mosela

UBS Itaipava

UBS Pedro do Rio

UBS Quitandinha

UBS Retiro

Centro de Saúde Coletiva

Centro de Saúde no Itamarati

Ambulatório Escola

Epidemiologia (ao lado do Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp)

Hospital Alcides Carneiro (HAC)

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis