tn_Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo apresentam principais demandas da Região Serrana para o MercoSerra

 

Entidade estuda prioridade de ações que devem ser trabalhadas para o fortalecimento no desenvolvimento nos municípios da Região Serrana

Integrantes do MercoSerra se reuniram nessa quinta-feira (19.07) para discutir as ações que devem ser trabalhadas para o fomento do desenvolvimento econômico das três cidades que formam o grupo: Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. O encontro ocorreu na sede da Alterda, em Teresópolis e reuniu cerca de trinta pessoas – entre empresários e representantes do poder público das três cidades, incluindo os secretários de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Petrópolis, Marcelo Fiorini e Fred Procópio, respectivamente, o prefeito de Teresópolis, Vinicius Claussen, e o subsecretário de Desenvolvimento Econômico de Nova Friburgo, Valter Thuller.

Na reunião foram discutidas as prioridades de ações e propostas para a criação do Portal do MercoSerra. A entidade foi reformulada em 2017 e é composta por empresários e representantes do poder público. No plano piloto de ações integradas já estão previstas a divulgação do calendário de eventos das três cidades e uma rodada de negócios entre empresários do setor hoteleiro dos três municípios que deve ocorrer em agosto.

“O MercoSerra representa a união das três cidades para a promoção da Região Serrana, tanto na área turística como no desenvolvimento econômico. Por isso um calendário unificado de eventos e rodadas de negócios entre empresários dos setores produtivos das três cidades é tão importante. A equipe se reúne regularmente e o plano de ação e a criação de um portal de divulgação são apenas alguns dos destaques desse trabalho”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico de Petrópolis, Marcelo Fiorini, que também é primeiro tesoureiro do MercoSerra.

Um evento já está programado para agosto, no dia 28, para cerca de 400 proprietários de hotéis das três cidades.  “A intenção é a de mostrar que vários produtos que compõem a cadeia hoteleira podem ser comprados nessas três cidades, girando a economia e mostrando os potenciais produtivos de cada município”, explica Fiorini.

Na ocasião, Fiorini apresentou as principais demandas de Petrópolis. “Estamos lutando por melhorias na BR-040, já observamos a necessidade de se implantar uma central de abastecimento em Petrópolis, com entreposto de hortifrúti, queremos inaugurar um novo Espaço Empreendedor. Estamos revendo a lei de incentivos fiscais e criando a Lei da Inovação. O trabalho não para, sempre em busca de novas oportunidades de investimento. Também temos vários eventos no calendário fixo que atrai muitos visitantes para a nossa cidade. Um calendário unificado pode nos ajudar a atrair ainda mais visitantes para a região serrana”.

Valter Thuller falou sobre a possibilidade de ações conjuntas para o fomento do desenvolvimento econômico das três cidades. “Podemos articular a junção de forças para conseguir a celeridade na certificação dos produtos originários de cada cidade. Também temos que lutar por reparos na Terê-Fri”.

O prefeito de Teresópolis, Vinicius Claussen, também destacou a necessidade do fortalecimento turístico da região serrana. “Podemos fortalecer a visita dos turistas através de ações integradas, pensando nos roteiros turísticos, revitalização da Serra Verde Imperial e distribuição dos produtos das três regiões em feiras estaduais e nacionais”.

Segundo o presidente da entidade, Luiz Fernando Gomes, o encontro foi importante para a articulação de ações integradas. “Nosso objetivo é o de conhecer as demandas de cada cidade e juntar forças para acelerar o desenvolvimento econômico delas”.

Durante o encontro, uma equipe do Sebrae também apresentou uma proposta para o MercoSerra, que inclui o mapeamento das demandas das cidades – mapeamento da cadeia produtiva – sessão de negócios, alinhamento de agendas e estratégias dos setores de turismo, moda, alimento e bebidas. As ações integrariam a segunda fase do Programa Lidera Rio, por meio de ações, workshops e monitoramento. A intenção de trabalhar o turismo de forma integrada entre os três municípios.

 

MercoSerra entra na luta por melhorias na BR-040

Os integrantes do MercoSerra estão engajados na luta por melhorias na BR-040. Um documento de repúdio às ações da concessionária responsável pela via – Concer – foi elaborado pelo MercoSerra com o apoio do Sicomércio. O documento será apresentado para empresários e representantes de sindicatos e entidades em uma reunião nessa sexta-feira (20.07) na sede do Sicomércio, às 9h30. O manifesto será entregue na sede da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres – em Brasília.

O documento solicita a imediata suspensão do contrato de concessão da empresa que opera na BR-040. Vale lembrar que, em abril deste ano, integrantes do MercoSerra participaram de uma reunião com representantes da ANTT – Agência Nacional de Transporte Terrestres onde solicitaram maior rigor no acompanhamento das ações da concessionária responsável pela BR-040 – Concer.

 

Sobre o MercoSerra

O MercoSerra existiu na década de 1980 chegou a ter 800 associados. O objetivo do projeto é de nos próximos dois anos ter 300 empresas associadas em cada um dos três municípios.  O grupo é formado por representantes do poder público, empresários e sociedade civil organizada de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Todas as ações são voltadas para o fomento da economia, através da troca de experiências, rodadas de negócios, divulgação dos calendários de eventos, expansão do turismo, entre outras ações.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis