tn_IMG_20180611_110031861170 famílias aderiram ao Programa em dois meses

 

O Programa Criança Feliz, em Petrópolis, chegou a um número expressivo: em menos de dois meses desde sua implantação, já foram 300 visitas realizadas pelas equipes da Secretaria de Assistência Social. O Criança Feliz foi implementado no fim de maio e visa trabalhar o desenvolvimento de crianças de famílias cadastradas no Bolsa Família. Durante as visitas, os técnicos realizam atividades que estimulam a memória, a fala, as habilidades de coordenação e o aprendizado das crianças.

“É uma felicidade muito grande saber que um programa tão especial está ganhando adeptos e que está ajudando no desenvolvimento de tantas crianças. Ele é muito importante, pois trabalha o desenvolvimento de quem vai fazer o nosso futuro. O Criança Feliz é mais um exemplo da integração, a marca da nossa gestão. A Assistência Social está junto com as secretarias de Saúde e Educação trabalhando pelo atendimento a estas famílias e a expectativa é que possamos colher belos frutos em breve”, disse o prefeito Bernardo Rossi.

Ao todo, 170 famílias já fizeram adesão ao programa. O Criança Feliz é conduzido pela Secretaria de Assistência Social e visa estimular o desenvolvimento integral de crianças em situação de risco ou vulnerabilidade social, na primeira infância – fase determinante para estes desenvolvimentos. A Assistência, a Saúde e a Educação estão envolvidas para mudar a realidade desses jovens e buscando reduzir a evasão escolar.

“O nosso maior objetivo é diminuir a evasão escolar, oferecendo este acompanhamento das gestantes desde o pré-natal e preparando as mães em toda linha de cuidado, além do fortalecimento do vínculo familiar. A ideia do programa é de dar orientações para as famílias sobre a melhor maneira de estimular os filhos nos estudos”, explicou a secretária de Assistência Social, Denise Quintella, lembrando que a iniciativa tem como ponto central a visitação domiciliar que está sendo realizada pelos técnicos da Assistência Social.

Estão sendo atendidas famílias que tenham crianças de até 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O programa funciona em todas as oito unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município, com os 23 visitadores prestando atendimento em casa e promovendo atividades com as crianças.

As visitadoras Marina Isabel e Gabriela Marques, do CRAS Corrêas, chegaram à casa da dona de casa Luciana Oliveira, de 37 anos. Moradora do Castelo São Manoel, Luciana abriu as portas de casa para as técnicas da Assistência Social para acompanhamento do filho, Fabiano, de dois anos. Esta foi a quarta visita da equipe à família.

“Fiquei sabendo do Programa por meio do CRAS e acompanhei a reunião que o apresentou aos atendidos. Gostei do objetivo e achei que seria uma boa ideia aderir ao Criança Feliz. O Fabiano estava um pouco tímido no começo, mas, aos poucos, vem ganhando confiança e ficando mais à vontade com as atividades das meninas. Tem evoluído bastante”, comentou Luciana.

 


Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis