Em meio à tensão, líderes e França e Itália se encontram em Paris

Países protagonizaram uma troca de farpas nesta semana

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, chegou hoje (15) a Paris para uma reunião com o presidente da França, Emmanuel Macron, em meio a uma tensão diplomática entre os dois países provocada pela crise migratória. A reunião já estava agendada há dias, mas foi motivo de incerteza devido à recente troca de farpas entre Roma e Paris.

No último fim de semana, a Itália proibiu um navio com 629 imigrantes de atracar em seus portos e foi criticada pela França, que chamou a atitude de “cinismo e irresponsabilidade”. O caso gerou mal-estar entre os governo e causou o cancelamento de outras reuniões ministeriais ao longo da semana.

Mas Conte e Macron conversaram por telefone há dois dias e confirmaram que se encontrariam hoje, em uma tentativa de amenizar a tensão e discutir posições comuns para o próximo Conselho Europeu, no fim do mês. (ANSA)