tn_20180613_162208 

O objetivo do Conselho é combater a intolerância étnica, religiosa e de gênero

 

 

O Conselho Municipal de Promoção de Igualdade Racial de Petrópolis (COMPIR) aprovou em ata a nota de repúdio aos atos racista que aconteceram nos Jogos Jurídicos Estaduais, realizados em Petrópolis, no início do mês. O Conselho manifestou publicamente sua indignação com a atividade que classificou “abusiva, ilegítima, vergonhosa e descabida” e que merece das autoridades competentes a apuração e punição dos agressores. A reunião Ordinária aconteceu nesta quarta-feira (13.06) na Casa dos Conselhos.

 

O objetivo do COMPIR é combater a intolerância étnica, religiosa e de gênero, realizando a integração e reconhecimento da população com promoção da igualdade racial.

 

Na ocasião também esteve presente o chefe de Representação Regional dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo do Ministério da Cultura, Mateus Quintal, tirando as dúvidas conselheiros do COMPIR e de todos os presentes em relação à forma legal de elaboração, encaminhamento, execução de Projetos Sociais, através do Ministério da Cultura.

“ A presença do Mateus foi importante para que todo o processo de captação de recursos da Lei Rouanet, fosse esclarecida entre nossos conselheiros, além de toda questão jurídica de um Projeto Social, ” declarou a presidente do COMPIR, Edna Queiroga.

As reuniões do Conselho acontecem toda segunda quarta-feira do mês às 16h na Casas dos Conselhos, na Av. Koeler, 260 – Centro e são abertas para a sociedade civil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis