Serrano

O Serrano empatou sem gols com o Olaria na tarde desta quarta-feira (13), no estádio Antônio Mourão Vieira Filho, também conhecido como Rua Bariri. A partida foi válida pela quinta rodada da Taça Santos Dumont, primeiro turno da Série B1 do Campeonato Carioca.

 

O próximo adversário é o Audax, que recebe o Leão da Serra em Moça Bonita, no sábado (16), às 15h.

 

O JOGO

Com o treinador interino César Nunes no comando, o Serrano teve o sistema defensivo como o seu ponto forte no confronto, anulando as chances de gol do adversário em uma partida muito difícil.

 

A equipe do Leão da Serra, que contou as estreias do zagueiro Zé Carlos, que cumpria suspensão, e do goleiro Neguet, manteve uma postura confiante em campo. Mas, apesar da eficiência na marcação, o Azul e Branco não encontrou oportunidades de balançar as redes no primeiro tempo.

 

Já na etapa final, o time de Petrópolis apostou em contra-ataques pela esquerda. A melhor chance do jogo saiu dos pés de Arthur Santos, que chutou de fora da área, obrigando o goleiro Lucas Paulista a fazer a principal defesa do jogo.

 

FICHA TÉCNICA

Olaria 0×0 SERRANO -Taça Santos Dumont, 5ª rodada – 13/06/2018 – às 15h

 

Estádio Antônio Mourão Vieira Filho (Rio de Janeiro)

Árbitro: Gabriel Rodrigues

Auxiliares: Guilherme Vogas Tavares e Daniel Cesar Botelho Rodrigues.

 

SERRANO: Neguete; Zé Carlos, Kauer e Ricardo Lucena; Foguete (Marlon, 28’/2ºT), Ruan, Pedro Paulo, Arthur Santos e Madgiel (Arthur Lopes, 45’/2ºT); Marcelo Régis e Marcelo Macedo (Juninho, 13’/2ºT). Técnico: César Nunes.

 

OlariaLucas Paulista; Jean, William Teixeira (Anthony, 35’/1ºT), Rafa e Titico (Lipão, 22’/2ºT); Pedro Paulo, Anderson Novais e Jefferson; Sorín (Michael, 7’/2ºT), Ygor e Vinicius Matheus. Técnico: Paulo Pedro.

 

Cartões amarelos: Rafa e Pedro Paulo (OLA); Kauer, Pedro Paulo e Marcelo (SER).

 

Público: 200 pagantes (78 presentes).

Renda: R$ 1.600,00.

 

 
Texto: Assessoria
Foto: Divulgação