tn_Sessão de Negócios promove a troca de conhecimentos entre empresários do setor de Panificação e Confeitaria de Petrópolis

 

Cerca de 20 representantes de empreendimentos de Petrópolis estiveram presentes na 1ª Sessão de Negócios voltada para o setor de panificação e confeitaria promovida pelo Sebrae/RJ no município. O encontro aconteceu na última quarta-feira (16), na sede da FIRJAN, parceira no evento junto com o Sindpães, e teve como objetivo promover a troca de experiências e conhecimentos entre os participantes. Este evento faz parte do Programa Pão Nosso, que desenvolve soluções direcionadas para empresas de Panificação e Confeitaria, com atendimento personalizado para cada empreendimento e suas necessidades específicas. A solução conta com capacitações em temas como Encontro de Negócios, Workshop Empresarial, Marketing Estratégico, Gestão de Pessoas, Gestão Financeira e Avaliação Técnica.
Durante a abertura do evento, a analista do Sebrae, Raíza Rampini, destacou a importância da realização de iniciativas como essa. “O nosso objetivo com esse evento é justamente fortalecer o segmento na região, promovendo conhecimento e apresentando soluções para a melhoria da gestão empresarial para esse público aqui presente”.

O encontro contou com uma apresentação do Senai sobre seus produtos e serviços para este segmento e, ainda, com palestras sobre as tendências de mercado para a panificação e confeitaria, como a realizada por Ana Cláudia Peixoto, consultora estratégica do programa Pão Nosso, realização do Sebrae/RJ. Nesta, foram apresentados indicadores econômicos do setor nos últimos anos, dicas sobre como aplicar técnicas de marketing nos negócios e orientações para a melhor distribuição do mix de produtos nos pontos de venda.
A sócia fundadora da Farinha do Bem, Cristina Felix, marca especializada em produtos sem glúten, se mostrou satisfeita com a participação no evento. “Sempre que posso eu participo de encontros como esse, que possibilitam a união de diferentes empreendedores do segmento. As vezes as pessoas têm medo de se aproximar, devido à concorrência, mas a realidade é que tem espaço para todo mundo. O Sebrae/RJ cumpre um importante papel ao possibilitar que possamos trocar conhecimentos e experiências. Saímos daqui motivados, sem dúvidas”, ressalta ela.

 

 

 

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação