tn_Mais quatro ônibus entram em circulação22 ônibus novos renovam a frota até julho

Até o final do ano, prefeitura quer a renovação de 10% da frota atual

            A renovação da frota de ônibus iniciada este ano – com 35 ônibus novos entrando em operação até dezembro –  acaba de receber 4 novos veículos zero quilômetros, de 46 lugares cada, para atender aos petropolitanos. Os carros da Cidade Real foram apresentados nesta terça-feira (16.05), em frente ao Palácio Quitandinha e se unem a outros 6 micro-ônibus que já iniciaram operação na empresa. Até julho, a Turb coloca em circulação 20 novos ônibus e a Cascatinha, mais 2 novos veículos.

Com uma frota de 350 veículos operantes, a determinação da CPTrans é a renovação anual de 10% da frota. A meta é renovação continuada para garantir melhor desempenho dos ônibus, mais qualidade de trabalho para os rodoviários e aumento de viagens – 12 mil a mais já realizadas no ano passado.

“O setor de transporte na cidade sofreu ao longo dos anos com falta de fiscalização o que interrompeu investimentos.  O poder público dando a permissão à operação precisa ser agente fiscalizador atuante porque é um serviço à população. Isto é bom também para as empresas que passam a investir mais, a melhorar a oferta. Estamos resgatando esse relacionamento: poder público cobrando e empresas engajadas com qualidade”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Os ônibus apresentados nesta terça-feira são maiores: tem 13,5 metros, ou seja, eles ampliam a capacidade em mais 10 lugares sentados do que os quatro que serão substituídos e terão capacidade para atender 50% mais passageiros considerando os que irão em pé. Eles ainda possuem quatro câmeras de segurança, porta de acesso maiores (ao invés de 60 cm, 80 cm de largura) e cinco acentos preferenciais. Além disse, possuem elevadores semiautomáticos para acesso a cadeirantes, que deverão ter 30% mais de durabilidade. Os novos ônibus têm, ainda, tecnologia de biometria facial, que ajuda a identificar fraudes no sistema, lâmpadas de lead e exaustores para melhorar a circulação do ar.

No início do ano, a Cidade Real adquiriu 6 novos micro-ônibus, com capacidade para atender a 26 pessoas sentadas por viagem. Com essa nova aquisição a empresa já garantiu a renovação de 12% da sua frota ao longo de 2018 e a previsão, conforme explica o dirigente da empresa, Miguel Ângelo Vianna, é que até o final do ano dois novos micro-ônibus sejam comprados para a renovação da frota.

“Além da renovação da frota este ano, já estamos trabalhando para termos novos ônibus no ano que vem. A nova frota traz benefícios também para a empresa que tem redução no custo de manutenção dos veículos e com tecnologias que reduzem o consumo de combustível, por exemplo. Então, além de a população ganhar com um veículo novo, mais confortável, com maior capacidade, também temos interesse em ter veículos novos rodando”, explica Miguel Ângelo Vianna, dirigente da empresa, destacando que é preciso que a população mantenha os ônibus limpos e não pratiquem atos de vandalismo – um dos principais problemas que tiram ônibus de circulação para a manutenção da cidade.

            Desde janeiro de 2017, a CPTrans vem determinando melhorias no sistema como cumprimento de horários, novas linhas e ainda aumento no número de viagens. Houve a criação das linhas “Direto” – 780, 100 e 300 e aumento em 12 mil viagens do que praticado em 2016. A fiscalização também é intensa para garantir o cumprimento de horários das linhas.

            “Mantemos firme o compromisso de melhorar o transporte público na cidade. Esse é um serviço essencial e os petropolitanos merecem ter ônibus confortáveis para fazer suas viagens. Nossa postura continuará firme ao exigir que as empresas ofereçam um serviço de maior qualidade possível à população”, destaca o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis