tn_Prefeitura intensifica campanha de vacinação contra gripe37 unidades de Saúde podem vacinar


Secretaria de Saúde estima vacinar 90% do público-alvo até 1º de junho

 

A prefeitura reforçou os estoques da vacina contra gripe nas 37 unidades de Saúde que aplicam a imunização,de segunda a sexta-feira de 8 às 16h. Em média, cada unidade vacinou de 200 a 500 pessoas por dia em quatro dias da campanha nacional de imunização. As 20 mil doses recebidas pelo Estado na última terça-feira (24.04) já foram distribuídas e nesta sexta-feira (27.04) outras 12 mil doses foram enviadas pelo Estado para fortalecer os estoques para a próxima semana.

Deverão ser vacinados idosos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de seis meses a menores de cinco anos, doentes crônicos (com apresentação de indicação médica), profissionais da Saúde e professores, o que representa 93.768 pessoas. A expectativa da Secretaria de Saúde é de vacinar 90% deste público.

A imunização preventiva precede o inverno e como o município já registra baixas temperaturas, o prefeito Bernardo Rossi reforça a importância de a população se imunizar o quanto antes. A campanha durará até o dia 1º de junho, com Dia D de vacinação no dia 12 de maio.

“A campanha começou com grande procura e isso é muito bom, pois precisamos vacinar o máximo de pessoas antes da chegada do inverno que é o período com maior incidência de casos de doenças respiratórias, dentre elas a gripe. Não vai faltar vacina. Temos recebido as doses de acordo com a nossa capacidade de armazenamento, então é importante que a população busque a vacina para se prevenir lembrando que teremos ainda o Dia D agora em maio”, anuncia o prefeito Bernardo Rossi.

A vacina previne os subtipos do vírus influenza que frequentemente infectam os humanos: A (H1N1), A (H3N2) e Influenza B. Em Petrópolis não ocorreram nenhum caso de H1N1 e nem H3N2 em 2017 e nem este ano.

“A vacina é feita conforme o cenário epidemiológico apresentado anualmente pelas regiões, e inclui o componente necessário para a ocasião. Por conta disso as pessoas precisam se vacinar anualmente. Quanto mais cedo se vacinar, mais cedo estará protegido da gripe”, explica o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

 

A vacina segue disponível em 37 unidades de Saúde

O município conta com 25 Postos de Saúde, 8 Unidades Básicas, além do Centro de Saúde, Ambulatório Escola, Hospital Alcides Carneiro e Sala da coordenação epidemiológica (ao lado do HMNSE), abertos de segunda a sexta-feira de 8 às 16h para a aplicação da vacina.  Para se vacinar é preciso levar a caderneta ou cartão de vacina e documento de identificação.

O departamento de Vigilância em Saúde alerta que a imunidade contra a doença só ocorre de 10 a 15 dias após a aplicação da vacina. A diretora do departamento Elisabeth Wildberger explica que a transmissão da gripe ocorre pelo contato com pessoas infectadas, ao tossir, espirrar ou falar. Pode ser transmitida ainda indiretamente pelas mãos, após contato com superfícies contaminadas por secreções respiratórias.

“A vacinação contra a gripe é a forma mais eficaz de evitar a doença, mas pequenas ações no dia a dia também podem ajudar, como manter as mãos sempre limpas, utilizar álcool gel nas mãos, lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; manter os ambientes bem ventilados; evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe”, orienta Elisabeth.

 

Pacientes com Doenças Crônicas deverão apresentar indicação médica

 As doenças crônicas são divididas em respiratórias: asma em uso de corticóides inalatórios ou sistêmico moderada ou grave, fibrose cística, hipertensão arterial pulmonar, dentre outras. Há ainda as doenças cardíacas, renais, hepáticas, neurológicas crônicas. Além da diabetes, transplantados, obesidades de grau III, portadores de trissomias (síndrome de Down, de Klinefelter, Wakany, dentre outras).

 

Todas as pessoas com doenças crônicas e não-transmissíveis deverão ser vacinadas contra gripe, mas a Coordenação de Epidemiologia alerta que é preciso apresentar a indicação médica.

 

“Salvo os casos em que o paciente é acompanhando pelo posto e a equipe já conheça o quadro, ou que tenha o registro da vacina de anos anteriores, não somente em 2017 em que a vacina foi aberta a toda população, a equipe vai poder vacinar. Caso contrário, só serão vacinados os doentes crônicos com indicação médica”, alerta a chefe da imunização da Epidemiologia, Simone Sisnando.

 Contraindicação - Há contraindicação para pessoas com alergia aos componentes da vacina, principalmente à proteína do ovo. Portadores de doenças neurológicas e síndrome Guillain-Barré devem consultar um médico antes de tomar a vacina e seguir suas orientações. Para pessoas que tenham apresentado febre recente, recomenda-se adiar a vacinação até que o estado de saúde melhore.

 

 

Campanha de Vacinação ContraGripe – 24 de abril a 01 de junho

 

Lista dos postos de Saúde e demais locais de vacinação:

 

*Atendimento de segunda a sexta-feira de 8 às 16h – Com intervalo de 1 hora de almoço

Centro de Saúde Coletiva – Rua Santos Dumont, S/Nº

 

PSF Caxambu – Estr. José de Almeida Amado, S/N. º

 

PSF Alto da Serra – Rua Teresa, 2.024 (Praça Miguel Couto)

 

PSF São Sebastião – Rua São Sebastião nº 625

 

UBS Alto Independência – Rua Ângelo João Brand s/n

 

UBS Quitandinha – Rua General Rondon nº 400

 

Ambulatório Escola –  Rua HívioNaliato nº 169

 

UBS Itamarati- Rua Bernardo Proença nº 32

 

Hospital Alcides Carneiro – Rua Vigário Corrêa, 1.345.

 

UBS Morin – Rua Pedro Ivo, nº 81 – Morin.

 

PSF Vila Felipe – R. Ermínio Schimidt , S/N.º

 

PSF Alto Siméria – Rua Manuel Francisco de Paula s/n

 

PSF Dr. Thouzet – Rua Dr. Thouzet, nº 609, Quitandinha.

 

PSF Santíssima Trindade – Rua Lopes de Castro nº 101

 

PSF Pedras Brancas – Rua Pedras Brancas nº 1.190

 

PSF Jardim Salvador – Rua Juiz Castro e Silva, nº 33.

 

PSF Carangola – Estrada do Carangola nº 860

 

PSF Águas Lindas – Estrada do Palmital nº 768

 

PSF Vila Rica – Rua A ao lado da quadra 28

 

PSF Comunidade 1º de Maio – Rua Nourival Braga da Silva s/n

 

PSF Vale das Videiras – Estrada Almirante Paulo Martins Meira nº 8.201

 

PSF Bairro Castrioto – Rua Santa Rita de Cássia, nº 114.

 

PSF 24 de maio – Rua 24 de Maio, 197.

 

PSF Castelo São Manoel – Rua Capitão João Amancio de Souza Coutinho nº 436

 

UBS Itaipava – Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues s/n

 

UBS Pedro do Rio – Estrada União e Indústria s/n

 

PSF Posse – Estrada União de Indústria nº 33.530

 

Coordenação Epidemiologia – Hospital Municipal Nelson de Sá Earp Rua Paulino Afonso, 455.

 

UBS Mosela – Rua Mosela nº 744

 

PSF Fazenda Inglesa – Estrada da Fazenda Inglesa s/n

 

PSF Batallard – Rua E nº 35 – Parque Residencial Mosela

 

PSF Bonfim – Estrada do Bonfim, s/n.

 

PSF Brejal – Estrada do Brejal Km 06 Posse

 

PSF Secretário – Rua Visconde de São Bernardes nº 320

 

UBS Retiro – Av. Barão do Rio Branco s/n

 

PSF Comunidade São João Batista – Rua Luiz Winter,Nº 560, Duarte da Silveira

 

PSF Meio da Serra I – USF Dr. William Jorge da Silva Seabra.

 

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis