3b04df5b-b4a0-48dd-8df0-81657e310b1a

Com tema “Ser honesto é legal!”, iniciativa é voltada a alunos de escolas públicas e particulares de todo o país. Inscrições disponíveis até 31 de agosto

 

Estão abertas as inscrições para a 10ª edição do Concurso de Desenho e Redação, promovido pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). Com o tema “Ser honesto é legal!”, a iniciativa visa despertar nos estudantes, de escolas públicas e privadas de todo o país, o interesse por assuntos relacionados ao controle social, à ética e à convivência cidadã, por meio do incentivo à reflexão e ao debate nos ambientes educacionais. A data limite para entrega dos trabalhos é 31 de agosto.

 

 

Desde o ano passado, os procedimentos de participação são totalmente eletrônicos. A inscrição é gratuita e deverá ser realizada, pela instituição de ensino, no sistema disponível no Portalzinho da Criança Cidadã. A ferramenta gera um código de inscrição, que deve ser salvo pela escola, para retomar e editar informações a qualquer momento. Dessa forma, o envio dos trabalhos pode ser feito gradualmente conforme produção pelos estudantes.

 

O concurso é divido em 14 categorias. Nas categorias de 1º ao 5º ano do ensino fundamental, os alunos poderão concorrer com trabalhos do tipo “Desenho”. Nas categorias de 6º ao 9º ano do ensino fundamental, 1º ao 3º do ensino médio, incluindo a modalidade de educação de jovens e adultos (EJA), os alunos poderão concorrer com trabalhos do tipo “Redação”.

 

Premiação

 

O concurso premiará os alunos autores dos três melhores trabalhos em cada categoria, e os respectivos professores orientadores, com um tablet e um certificado de reconhecimento da CGU. As três instituições com a melhor estratégia para debater o tema também serão premiadas na categoria “Escola-Cidadã”. O resultado do concurso será divulgado até o dia 30 de novembro de 2018.

 

Como participar

 

As escolas e os professores deverão desenvolver estratégias de mobilização e práticas pedagógicas para debater o tema com os alunos. O trabalho submetido ao concurso deve obrigatoriamente ser realizado em sala de aula; ser confeccionado no formulário padrão, preenchido com todas as informações solicitadas; abordar o tema “Ser honesto é legal!”; ser realizado individualmente; ser inédito e original.

 

Para participar, é necessário que as escolas interessadas realizem a inscrição eletrônica por meio do sistema disponível no Portalzinho da Criança Cidadã, onde estão disponíveis o edital, os formulários de realização dos trabalhos, as peças de divulgação e o Guia do Professor. O envio dos trabalhos deverá ser realizado apenas por meio eletrônico.

 

Edição passada

 

Na última edição, em 2017, o tema abordado foi “Todo dia é dia de cidadania”, contou com a mobilização de cerca de 410 mil alunos e 14 mil professores, sendo que aproximadamente 8 mil trabalhos foram enviados por cerca de 2 mil escolas. Os alunos produziram desenhos e redações criativas e as escolas desenvolveram planos de mobilização que incentivaram toda a comunidade.

 

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação