41 crianças morrem no incêndio em centro comercial na Sibéria

Ao total, são 64 vítimas fatais

O incêndio que destruiu, na madrugada de domingo (26), um centro comercial em Kemerovo, na Sibéria, custou a vida de 41 crianças.

Já se temia que houvesse um considerável número de menores entre as vítimas mortais. A lista de vítimas, no entanto, distribuída para familiares e que a agência russa Interfax teve acesso, confirma o trágico cenário: entre as 64 vítimas fatais, 41 são crianças.

A investigação preliminar aponta para “graves violações” das regras de segurança. O alarme contra incêndios estava desligado na altura em que as chamas começaram. Havia também cinco saídas de emergência que estavam ”bloqueadas”, o que dificultou o processo de evacuação do edifício.

Vladimir Putin, que já visitou o local da tragédia, reagiu publicamente referindo que este é um caso de “negligência criminosa”.