tn_ViewImage

Curso de música será oferecido gratuitamente para crianças e adolescentes da escola durante um ano

 

A Escola Municipal Odette Fonseca, de Petrópolis, recebe a partir deste mês o projeto “O Passo”, um método de educação musical por meio de oficinas para trinta crianças e adolescentes. Reconhecido no Brasil e no exterior, o projeto cuja duração é de 9 meses, foi criado em 1996 por Lucas Ciavatta, indicado ao Prêmio Faz Diferença do jornal O Globo, em 2011, pelo conjunto de sua contribuição para o ensino da Música. É a segunda vez que a escola recebe o projeto que foi muito bem aceito pelos alunos em 2016/2017.

Baseado num andar específico e orientado pelos pilares corpo, representação, grupo e cultura, “O Passo” introduz novos conceitos no ensino-aprendizagem musical das crianças como posição e espaço musical, e novas ferramentas como o andar, notações orais e corporais e a Partitura d’O Passo.

“É uma forma de inclusão efetiva de todos os alunos na prática musical com o desenvolvimento da musicalidade de cada um, por meio de método baseado nos princípios de inclusão e autonomia. Portanto, mesmo os alunos com deficiência auditiva ou necessidades especiais podem participar das oficinas”, explica o Supervisor de Marketing do Grupo Incentivar, Welson Ribeiro.

O início do curso está programado para dia 21 de março, quarta-feira, a partir das 17h15. As oficinas acontecerão uma vez por semana (quartas-feiras).

As oficinas buscam propiciar o reconhecimento do corpo como uma ferramenta fundamental para o processo de ensino-aprendizagem de música, introduz a noção de que corpo e mente devem caminhar necessariamente juntas, auxilia na construção de processos de representação cada vez mais complexos, prestando especial atenção às formas de notação oral, corporal e gráfica, além de possibilitar a compreensão de que nossa cultura se impõe como uma referência fundamental para a construção tanto de nossa música quanto de nossa identidade.

“O Passo” é dividido em três partes: produção, oficinas e encerramento e tem previsão de término em dezembro de 2018. O projeto é uma realização do Grupo Incentivar e patrocínio da GE Celma por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

 

 

 

Mais informações: http://www.projetoopasso.com.br

 

Sobre a GE Celma

Localizada em Petrópolis, na Região Serrana Fluminense, a GE Celma é a maior oficina de revisão e montagem de motores aeronáuticos da América Latina destacando-se por sua competividade no mercado internacional. Em 2016, o faturamento da empresa alcançou a marca de US$ 2,0 bilhões, alta de 10% ante o ano anterior, sendo 95% deste número oriundo de exportação. A GE Celma tem entre seus clientes algumas das principais linhas aéreas do mundo entre elas Southwest, FedEx, American Airlines, United Airlines, LATAM, Ryanair e Azul. A GE Celma, que está construindo um dos maiores e mais avançado banco de provas de motores aeronáuticos do mundo, na cidade de Três Rios, no estado do Rio de Janeiro, planeja aumentar sua capacidade dos atuais 450 motores revisados por ano para 550 até 2020. Recentemente, além da montagem de motores para os jatos regionais da Embraer, passou a exportar motores novos para a Chinesa COMAC. A GE Celma se orgulha de poder contribuir com o crescimento do país, sendo uma empresa que reconhece seus 2 mil colaboradores como seu principal patrimônio.

 
Texto: Assessoria
Foto: Divulgação