Ônibus Lilás

Equipamento estará no PSF do distrito a partir das 9h

Ação faz parte das celebrações do Mês da Mulher

 

Moradoras da Posse recebem nesta quarta (14.03) o Ônibus Lilás, equipamento que funciona de forma itinerante com o objetivo de levar assistência jurídica, social e psicológica a locais distantes do Centro Histórico. A partir das 9h, o ônibus estará no Posto de Saúde da Família da localidade. A ação está incluída nas comemorações do Mês da Mulher, realizadas pelo Gabinete da Cidadania e pelo Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) – que é subordinado diretamente ao Gabinete -, como uma forma de dar destaque ao dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 08.03. A programação do mês conta também com palestras, barracas na Praça Alcindo Sodré, torneio de futsal feminino, entre outros. Ainda neste mês, o Ônibus Lilás marca presença no Vale das Videiras, Madame Machado e Carangola.

Espécie de Cram volante, o ônibus é utilizado no atendimento à mulher em localidades distantes dos centros urbanos. O equipamento foi reintegrado em 2017 e oferece gratuitamente serviços como assistência social, jurídica e psicológica, além da distribuição de material de orientação sobre serviços de defesa e proteção e realizar encaminhamento à mulheres precisando de acolhimento por parte do órgão.

“Toda ação que tenha como objetivo melhorar a vida da mulher é válida, e é isto que estamos buscando no Mês da Mulher. Não são todas as vítimas que podem ir até o Centro denunciar algum tipo de abuso sofrido, e por isso precisamos sim levar o Ônibus Lilás e mostrar que este é um equipamento que funciona”, destaca Anna Maria Rattes, presidente do Conselho de Defesa dos direitos da Mulher (Comdim) e coordenadora do Gabinete da Cidadania.

Os próximos locais a receber o ônibus são: Carangola, no dia 17; Vale das Videiras, no dia 26; e Madame Machado, no dia 28. O ônibus também estará presente na Praça Alcindo Sodré no dia 22, quinta-feira, onde será realizada ao longo de todo o dia ação com barracas do Cerest, Comac, Assistência Social, Lei Seca/Compir, OAB Mulher/Comdim, Procon, e barraca da beleza e técnicas de defesa pessoal

“Ainda existe uma resistência muito grande com relação ao ônibus, e aos poucos este tabu vem sendo quebrado. Levar o equipamento aos distritos é de extrema importância para que a petropolitana se sinta amparada, independente de onde mora”, frisa Cléo de Marco, coordenadora do Cram.

O Cram possui um contato de emergência, pelo número (24) 98839-7387, disponível para chamadas de voz, mensagens de texto ou WhatsApp. Para denunciar ou solicitar informações, pode-se ligar para o telefone 2243-6152 ou comparecer à sede do Cram, localizada na Rua Santos Dumont, número 100, no Centro. O funcionamento é de segunda a sexta, de 8h às 17h. Caso se sinta violentada de alguma forma, a mulher pode contatar a Polícia Militar pelos números 2291-5071, 2242-8005 ou 180, além de poder contatar via WhatsApp a emergência da Polícia Militar, pelo número (24) 99222-1489.

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis