Mamografo

 

Emendas do deputado federal Hugo Leal (PSB/RJ) para a compra de um mamógrafo digital para o Hospital Alcides Carneiro (R$ 809 mil) e para equipamento de ultrassom diagnóstico (R$ 240 mil) para o Hospital Nelson de Sá Earp acabam de ser liberadas pelo Ministério da Saúde e os recursos já estão na conta do Fundo Municipal de Saúde de Petrópolis. “Por uma feliz coincidência, a verba federal foi liberada exatamente no Dia Internacional da Mulher”, destacou o parlamentar.

A compra de um aparelho digital para a realização de mamografias vai beneficiar milhares de petropolitanas ampliando a oferta do exame no município. “A APPO (Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos) considerava fundamental a compra do mamógrafo digital, porque Petrópolis só conta com um equipamento para o atendimento dos pacientes do SUS. Em média, o hospital municipal Alcides Carneiro oferece 300 exames do tipo por mês, mas este número poderá ser muito ampliado com a compra deste novo mamógrafo”, afirmou Hugo Leal.

Em 10 anos de mandato, o deputado federal já destinou mais de R$ 15 milhões em emendas para a saúde de Petrópolis e região. “A saúde é sempre uma grande preocupação da população, principalmente neste momento quando o sistema estadual está em colapso por conta da crise fiscal e econômica do governo do Rio”, explicou Hugo Leal, coordenador da bancada do Rio de Janeiro na Câmara dos Deputados.

Além dos recursos para a compra do mamógrafo digital, também foram depositados na conta do Fundo Municipal de Saúde R$ 240 mil, fruto também de emenda parlamentar de Hugo Leal destinada a aquisição de um equipamento de ultrassom diagnóstico, para o Hospital Municipal Dr. Nelson de Sá Earp. “Este ultrassom é um equipamento fundamental para exames mais avançados em diversas especialidades da Medicina”, explicou o parlamentar. O deputado Hugo Leal lembrou que as duas emendas foram empenhadas em novembro e, desde então, ele vem trabalhando, junto ao governo federal, para a liberação efetiva dos recursos. “O empenho é um compromisso que agora está cumprido com o depósito das verbas federais na conta do Fundo Municipal de Saúde”, destacou.

 

Por Ascom Rio