tn_Vigilância Sanitária abre inscrição para curso de manipulação de alimentosCapacitação sobre boas práticas para serviço de alimentação ocorre dia (26)

Os profissionais que atuam na área de alimentação poderão ser capacitados de graça em um curso promovido pela prefeitura no dia 26 de fevereiro. Estão abertas as inscrições para a capacitação sobre as boas práticas de manipulação de alimentos que corre de 9 às 13h no Auditório do Centro de Saúde, na rua Santos Dumont, 100. Centro. São 60 vagas disponíveis onde o trabalhador aprenderá como manipular alimentos de forma segura e com menos risco sanitário para o público. Para se inscrever basta enviar o nome completo para o e-mail covisapetropolis@gmail.com. As inscrições também poderão ser realizadas no dia do curso.

 

Essa é primeira capacitação promovida este ano com a integração entre as Secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Econômico, onde 309 profissionais já foram capacitados em 2017 sobre as normas de segurança, vigilância e qualidade dos alimentos comercializados junto à população. De acordo com Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária, durante o encontro, os participantes receberão o treinamento de acordo com as recomendações da RDC Anvisa 216 de 2004.

 

“A proposta é mostrar as formas seguras de atuar no segmento. O curso vai desde a aquisição do alimento, preparo, transporte, até a conservação dos alimentos crus, em conserva ou já prontos, além da forma de servir para o comércio. Iniciamos essa parceria na Bauernfest e já estamos montando o calendário dos cursos que agora só retorna em fevereiro de 2018”, explica Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária.

A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger, alerta que o curso é uma forma dos profissionais se conscientizarem sobre os riscos sanitários envolvidos na comercialização de alimentos, como por exemplo, provocar ao consumidor uma intoxicação alimentar.

 

“O objetivo é diminuir o risco sanitário dessa atividade, sensibilizar o prestador de serviço de alimentação que não basta apenas oferecer uma comida gostosa e nutritiva, mas também uma comida segura do ponto de vista higiênico e sanitário, livre de contaminações. Os alimentos podem ser causadores de doenças, dependendo da quantidade e dos tipos de micro-organismos neles presentes. Desta forma, as boas práticas de manipulação são regras que, quando praticadas, ajudam a evitar ou reduzir os perigos ou contaminação de alimentos”, reforça.

 

A prefeitura organizou um calendário com minicursos mensais totalmente gratuitos contemplando diversas áreas com as principais atividades comerciais no município. A meta é capacitar, atualizar ou apresentar as normas de segurança, vigilância e qualidade a fim de se prestar serviços com excelência à população. Além do curso de manipulação de alimentos, também estão previstos cursos de biossegurança para profissionais que atuam na área da beleza e estética. Dayse Carvalho afirma ainda que vem recebendo sugestões para realização de novos cursos ao longo deste ano.

 

“Estamos muito satisfeitos com o resultado e com a resposta do público. 2017 foi marcado por uma procura muito grande de empresários e profissionais para se capacitarem. Temos a meta de fazer um curso especial para a Páscoa para quem trabalha com chocolates e pescados. Nós estamos à disposição para fornecer o curso para outros estabelecimentos que assim desejarem. A proposta é mostrar as formas seguras de atuar no segmento”, explica Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária.

 

As inscrições para a capacitação pode ser realizada pelo e-mail: covisapetropolis@gmail.com ou diretamente na sede da Vigilância Sanitária está localizada na rua Dr. Sá Earp, 433, centro, e funciona de segunda a sexta-feira, de 8 às 17h. Os telefones de contato são: (24) 2246-9041

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis