tn_ENTREGA CARTILHAS PREVENÇÃO DC (3)

Agentes distribuíram cartilhas de prevenção aos desastres naturais para a população, além de colar cartazes do SOS Chuvas

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias encerrou nesta quinta-feira (08.02) o calendário de operações do Plano Verão 2018 de Petrópolis com a entrega de cartilhas prevenção aos desastres naturais para a população no Centro Histórico. Além disso, os agentes colaram os cartazes do programa SOS Chuvas em bares, lanchonetes, bancas de jornais e nos ônibus da cidade. Durante o mês de janeiro, a Defesa Civil realizou a ação nas 12 comunidades da cidade que contam com 20 conjuntos de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme, distribuindo mais de três mil exemplares do material educativo em todo o município.

“A nossa ideia em encerrar o calendário de operações no Centro Histórico garante que o material seja entregue para moradores de outros bairros da cidade, além daqueles que contam com as sirenes”, explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, dizendo ainda que ações deste tipo são importantes para aproximar o trabalho de prevenção desenvolvido pela prefeitura da população.

“Com a realização das visitas nas comunidades, nossa intenção foi orientar os moradores sobre como proceder em caso de ocorrências. A informação é um instrumento que ajuda a preservarmos a vida das famílias que vivem em áreas de risco da cidade”, comenta.

Priscila de Oliveira, gerente de uma farmácia no Centro da cidade, elogiou o trabalho realizado pela Defesa Civil. Ela é moradora do Morin. “É importante que a gente saiba o que fazer quando chove forte e a Defesa Civil está sempre fazendo esse trabalho de orientação. Nossa cidade pede que isso aconteça”, afirmou.

Moradora do Duarte da Silveira, Márcia de Castro, disse que fica preocupada quando começa a chover forte. “A gente procura ficar dentro de casa e evita sair. Por causa das características da nossa cidade, estamos sempre preocupados. Mas com a ajuda da Defesa Civil, podemos ficar mais seguros”, comentou.

O trabalho de conscientização contou com o apoio dos estagiários do projeto SOS Chuvas. O programa, lançado pela prefeitura em novembro do ano passado, tem o objetivo reduzir os prejuízos causados pelas chuvas de verão, em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade Estácio de Sá (Unesa) e a Universidade Católica de Petrópolis (UCP), que disponibilizaram universitários voluntários para trabalhar em três áreas: Defesa Civil, Obras e Meio Ambiente.

“As sirenes são a melhor ferramenta de prevenção que o município possui. O trabalho em conjunto com os moradores de Petrópolis é um dever da prefeitura. Por determinação do prefeito Bernardo Rossi, estamos trabalhando por uma Defesa Civil ainda mais participativa”, completa o secretário Paulo Renato Vaz.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis