tn_Capacitação Saúde (10)

Secretaria de Saúde projeta a 2ª Mostra de Educação Popular

A Secretaria de Saúde promoveu nesta segunda-feira (29.01) a formatura de 30 profissionais de Saúde do curso de aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde (EDPOPSUS II), oferecido por meio de uma parceria entre o Ministério da Saúde, a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio e o Palácio Itaboraí. A formação continuada apresenta as experiências de educação popular vivenciadas nos atendimentos dos postos de saúde da família, além de divulgar e trocar experiências reforçando ações de prevenção e promoção de saúde.

 

O encontro realizado no Palácio Itaboraí também foi marcado pelo ingresso de 35 novos alunos entre agentes comunitários de Saúde e de endemias, profissionais da Atenção Básica e lideranças de movimentos sociais. A expectativa da prefeitura é que ao final da capacitação prevista para maio ocorra a 2ª edição da Mostra de Educação Popular em Saúde que apresenta ao público os conhecimentos e estratégias de fortalecimento de vínculos junto às comunidades.

 

“Nosso objetivo é, através do trabalho coletivo e troca de experiências com as equipes da Saúde, fortalecer e melhorar a assistência da nossa população. Precisamos romper as rotinas e inovar avançando em prevenção e promoção de Saúde. Hoje é o dia de agradecer as equipes pela dedicação e a Fiocruz, Palácio Itaboraí por nos ajudar nesse crescimento coletivo para melhorar nosso sistema como um todo”, afirma o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

 

A educadora do curso, Norma Pontes, explica que essa é a 7ª turma do curso que é uma formação continuada com o foco no empoderamento das equipes para que as agentes tenham a iniciativa de criar estratégias junto às comunidades de acordo com o território onde vivem atendendo as expectativas da população.

 

“O curso está dentro da programação de educação permanente da rede de atenção básica e faz parte da estratégia da Secretaria Estratégica de Gestão participativa do Ministério da Saúde. Pretendemos no final de maio realizar a 2ª edição da Mostra, pois é uma maneira de valorizar as equipes e seus trabalhos além de fortalecer as ações dos agentes comunitários de saúde nas comunidades e a participação popular nas ações do SUS”, disse.

 

Durante o curso, as equipes compartilham as iniciativas realizadas nas unidades que vão desde grupos de artesanatos, de terapia comunitária até ações culturais. O educador Alan Gomes, profissional da Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde do Estado parabenizou o governo pela proximidade da gestão do município junto às equipes de trabalho.

“É muito bom estar hoje em um curso em que o secretário de Saúde está presente e que o prefeito acompanha as ações e isso é muito raro e importante para incentivar as equipes. Nós trabalhamos de forma lúdica, teatral as maneiras de se abordar o agravo de determinadas áreas para sensibilizar as pessoas. Esse curso tem esse viés de transformar o olhar para a assistência”, avalia.

O diretor do Palácio Itaboraí Felix Rosenberg  anunciou que reforçou o compromisso com a gestão da Saúde em fortalecer a troca de experiências e parcerias para que a população tenha acesso a tratativas de Saúde de qualidade.

“É um orgulho para nós termos mais uma turma formada, pois essa troca de saberes fortalece a atenção primária, junto a população. E essa experiência é única e está sólida junto ao município o que para nós é uma experiência ímpar em poder ver o desdobramento do curso dentro dos postos de Saúde”,  disse.

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis