Temer é chamado de 'golpista' e 'ladrão' em caminhada em Brasília

Homem, que não foi identificado, gritou críticas ao presidente, que apenas sorriu e não respondeu

O presidente Michel Temer foi chamado de “golpista” e “ladrão” durante caminhada, em Brasília, no final da tarde de domingo (21).

Na companhia do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ele foi surpreendido por um manifestante quando se deslocava para o Palácio do Alvorada.

O homem, que não foi identificado, gritou críticas ao presidente, que apenas sorriu e não respondeu. “Fora, Temer”, ressaltou ele.

Para mostrar que está recuperado de infecção urinária, o presidente tem aproveitado para fazer caminhando o trajeto de menos de um quilômetro do Palácio do Jaburu ao Palácio da Alvorada.

No domingo (21), ele promoveu na residência oficial uma reunião com ministros para discutir a retomada das discussões para votação da reforma previdenciária, marcada para fevereiro.

Em entrevista à Folha de S.Paulo, na quinta-feira (18), o presidente afirmou que “não há nenhum movimento popular” pelo seu afastamento do cargo.

“Houve duas denúncias desarrazoadas, ilegítimas e fruto de uma tentativa de derrubar o presidente. Você fotografou algum popular em frente ao Congresso? Nenhum”, disse. Com informações da Folhapress.