tn_Petrópolis recebeu mais de 70 eventos esportivos entre janeiro e novembro (1)

Em dezembro a cidade recebe duas corridas de rua e mais uma etapa da Copa Rio de Vôo Livre

Prefeitura promove também neste mês o Dia de Convivência para alunos com deficiência

Petrópolis recebeu mais de 70 eventos esportivos entre janeiro e novembro deste ano. Em dezembro, a cidade recebe mais duas corridas de rua e uma nova etapa da Copa Rio de Vôo Livre, além do Dia de Convivência para alunos da rede municipal com deficiência, que será organizado pela prefeitura na próxima terça-feira (05.12) no Centro Cultural e Esportivo Fábrica do Saber, na Estrada da Saudade. Além de oferecer mais saúde e bem-estar para a população, os eventos movimentam o município e contribuem com o turismo, ajudando a fortalecer a economia como um todo.

 

tn_Petrópolis recebeu mais de 70 eventos esportivos entre janeiro e novembro (4)

O que chama a atenção é a diversidade de modalidades oferecidas: esportivas de aventura, lutas, corridas de rua, atividades coletivas, como dança e funcional, natação, futebol, futsal, basquete, ciclismo e mountain bike. O objetivo da prefeitura é fomentar o esporte dentro da cidade e oferecer opções de lazer para os petropolitanos e turistas.

 

tn_Petrópolis recebeu mais de 70 eventos esportivos entre janeiro e novembro (8)

“Ao longo desse ano, apoiamos uma série de torneios importantes no cenário estadual, trazendo pessoas de vários lugares para dentro do município. Isso contribui com o turismo, fortalece a nossa economia, além de promover Petrópolis. A nossa cidade tem um enorme potencial e estrutura para receber etapas e eventos que reúnem atletas de todo o país”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Nos dias 9 e 10 de dezembro a cidade recebe, pela terceira vez este ano, a Copa Rio de Vôo Livre. Na última etapa, disputada em Petrópolis em setembro, mais de mil pessoas passaram pela rampa do Parque São Vicente, que contou shows de bandas de rock e de forró, além da apresentação de um documentário com a história da modalidade e uma feira com produtos artesanais.

“Será mais um evento grandioso dentro do Parque São Vicente. Esperamos que mais pessoas prestigiem a competição. Outro ponto importante é o fator de promoção da família. No evento em setembro, tivemos a presença de famílias inteiras, ou seja, foi um momento de lazer e de muito esporte”, relembra o superintendente de Esportes e Lazer da cidade, Hingo Hammes.

Dentro das artes marciais, Petrópolis está voltando a ser destaque no cenário nacional. Em 2017, a cidade recebeu eventos de Jiu-jitsu, MMA e Submission, no Esporte Clube Corrêas, de Judô e Jiu-jitsu, no Petropolitano e no Serrano, Taekwondo, na Fábrica do Saber, além da apresentação de atletas da cidade dentro do Bunka-sai. Cada torneio reúne em média duas mil pessoas, entre atletas, treinadores, torcedores e familiares. Outro sucesso foi etapa do torneio estadual de esgrima, que aconteceu pela primeira vez na história do município este ano, disputada no ginásio do Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio e no salão de festas da Cervejaria Bohemia.

“A esgrima é uma modalidade que a cidade tem muito potencial. Temos um centro de treinamento no Sport Club Magnólia e o clube já foi campeão estadual por equipes. Além disso, Petrópolis sempre foi um grande celeiro de atletas das mais diversas artes marciais, e por isso, voltamos a apoiar essas modalidades para estimular os jovens a participar”, explica Hingo.

Modalidade com muitos adeptos na cidade, a corrida de rua também recebeu atenção especial: o Circuito da Barão, que funcionava todos os domingos de 8 às 12h, teve o horário estendido até 17h e agora conta com a orientação de um profissional de educação física, além de água e a distribuição de frutas. Além disso, em agosto, a prefeitura estendeu o projeto para Itaipava, em parceria com a iniciativa privada.

“É uma ação sem grande custo para a empresa, mas que faz toda a diferença para os usuários da pista do Parque Municipal em Itaipava. Com a parceria, estamos atendendo a um pedido antigo dos corredores dos distritos. A medida é positiva para a população e para a empresa que patrocina, mostrando que também se preocupa com o bem-estar da população e em fazer a diferença”, afirma o superintendente.

Foram mais de 15 anos longe da cidade. Mas os atletas do MotoCross retornaram ao município em grande estilo: em junho, Petrópolis recebeu a 5ª etapa da Copa MXF Rio, torneio estadual de Enduro de Regularidade, no Parque Municipal, em Itaipava. Mais de mil pessoas acompanharam a prova. “Foram 250 atletas de todo o país na etapa estadual de Enduro. Nosso objetivo é explorar o potencial da cidade para receber etapas, copas e competições esportivas”, comenta o superintendente, lembrando que o objetivo da prefeitura é trazer mais eventos esportivos em 2018.

 

 

 

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis