Foragido há uma semana, presidente do PR se entrega à PF

Antônio Carlos Rodrigues é suspeito de corrupção, extorsão, participação em organização criminosa e falsidade ideológica na prestação de contas eleitorais

O presidente do PR e ex-ministro dos Transportes Antônio Carlos Rodrigues se entregou à Polícia Federal, em Brasília, nesta terça-feira (28).

Ele estava foragido há uma semana, quando foi alvo de um mandado de prisão expedido pela Justiça Eleitoral de Campos dos Goytacazes (RJ), durante a Operação Chequinho, que também prendeu os ex-governadores do Rio Anthony e Rosinha Garotinho.

Rodrigues, segundo o portal G1, é suspeito de corrupção, extorsão, participação em organização criminosa e falsidade ideológica na prestação de contas eleitorais.

De acordo com o Ministério Público do Rio, o ex-ministro teria negociado com Garotinho e com a JBS doação de dinheiro oriundo de propina para a campanha do ex-governador, em 2014.