download Auxiliares também poderão se inscrever
para compor o grupo

            A CPTrans estendeu até o fim de novembro o período para que taxistas se inscrevam para a composição de Comissão de Avaliação e Ética. Serão cinco pessoas escolhidas dentre os representantes de táxis que serão convocados sempre que houver alterações relacionados às concessões ou decisões relativas aos profissionais do transporte individual de passageiros. Os auxiliares cadastrados a mais de um ano na companhia também poderão se cadastrar para fazer parte do grupo. Os interessados devem se inscrever na sede da companhia.

 

A Comissão de Avaliação e Ética está prevista no Decreto 648 de 2003, que dispõe sobre o serviço de táxi em Petrópolis. Ele prevê que a representação dos permissionários terá a duração de um ano, podendo ser renovado por mais um. O decreto dispõe que a Comissão de Avaliação e Ética seja escolhida pela direção técnica e operacional e pela chefia da seção de táxis e transporte escolar da CPTrans, no entanto as escolhas deverão ser feitas por votação a ser marcada pela companhia.

 

“Estamos buscando formar esse grupo de forma democrática, com a participação dos permissionários e auxiliares. A comissão está prevista na legislação dos taxistas, mas nunca foi implementada. Ela é importante porque os taxistas não dispõem de um grupo que os representa definido pelos próprios profissionais e, com ela, os próprios serão responsáveis pelas decisões junto à companhia. Isso representa o respeito aos taxistas e a transparência da gestão junto aos permissionários”, explica o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

 

Para se cadastrar como representante, o taxista deve procurar a CPTrans, localizada à Rua Alberto Torres, 115, e buscar o setor de táxi. O atendimento acontece de 8h30 às 17h30. Para se inscrever o permissionário deve estar com todas as suas obrigações junto ao município em dia.

 

 

 

 

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Petrópolis