tn_Famílias rurais do Brejal
Produtores rurais do Brejal, Bonfim, Jacob e Caxambu – mais de 180 famílias – contam agora com mais um apoio para o escoamento de suas mercadorias. Cada uma das comunidades rurais de Petrópolis recebeu um caminhão climatizado doado pelo governo do Estado para o transporte adequado de legumes e verduras. Eles se somam a mais de 100 equipamentos agrícolas entre tratores e roçadeiras que já estão sendo utilizados pelos produtores. As comunidades foram incluídas no programa Nossa Terra, da Secretaria de Estado de Habitação e executado pelo Instituto Estadual de Terras e Cartografia (Iterj) por indicação do deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB). A entrega dos equipamentos nas comunidades foi feita nesta quinta-feira (10.04).
O deputado petropolitano anunciou ainda o “Voz do Campo”, que vai ser realizado pelo governo do estado para garantir a comunicação nas áreas rurais com instalação de antenas de celular e internet 3G. “É uma indicação que apresentei e que o governador Pezão já acolheu e vai colocar em prática”, afirmou. O Iterj também vai dotar as quatro comunidades do Brejal, Bonfim, Jacob e Caxambu de ‘galpões sociais, ’estruturas que funcionam para armazenagem de equipamentos e insumos e para a realização de feiras e eventos. “São dois modelos, de 120 m2 e 600 m2 de acordo com a possibilidade de espaço de cada comunidade. Eles terão escritório, cozinhas e sanitários”, explicou Mayume Sone, presidente do Iterj.
Francisco Pires Gomes, de 70 anos, instalado desde 1983 no Brejal, um dos produtores mais antigos da localidade, comemorou a chegada do caminhão que será usado por mais de 30 famílias. “Muitos não tinham veículo próprio e precisam fretar o transporte. Com o caminhão sendo dividido por todos, vamos gastar menos e aumentar a produção”, estima. Francisco comemorou a chegada do veículo ao lado da presidente da associação de produtores, Ângela Katsumoto, que destacou o fato do caminhão se refrigerado. “Preserva a qualidade dos produtos que já são considerados muito bons”.
Armando José da Silva, 48 anos, presidente da Associação de Produtores Rurais do Jacob, já é a terceira geração da família a viver e trabalhar no local onde existem ainda mais 34 famílias, todas voltadas para a produção rural. ‘’É uma conquista grande. Boa parte da comunidade é formada por mulheres que trabalham na lavoura e os equipamentos economizam muito o trabalho pesado”
Marco Antônio Coelho, produtor de flores, presidente da Associação dos Produtores do Bonfim, antecipou que o sistema de utilização do veículo e dos equipamentos já foi definida entre as 48 famílias que os utilizarão. “Acreditamos que a produção vai aumentar 30% com o uso dos aparelhos e dar mais lucro com o caminhão. Vai melhorar a vida”, afirma.
No Caxambu, uma das comunidades agrícolas mais tradicionais da cidade, o dia foi de festa. Sergio Lage, presidente da Associação dos Produtores, recebeu as chaves do caminhão em nome das famílias que vão ser beneficiadas com o veículo e demais equipamentos. “Importante também os insumos que recebemos e o apoio técnico do Iterj”, destacou.
“O que as famílias do campo precisam é isso: meios de continuarem estabelecidas na terra e progredindo também em suas produções. Petrópolis que já foi o quinto produtor rural do estado pode voltar a ter esse potencial econômico”, completa Bernardo Rossi.