tn_Prefeitura-inicia-atualizaçBeneficiários são agendados por telefone
para comparecer no Salão do Empreendedor

A prefeitura está promovendo a atualização do Cadastro Único para Programas Sociais (Cadúnico) dos beneficiários que recebem o Aluguel Social, Auxílio Aluguel e Auxílio Emergência pagos pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Petrópolis. Há cadastros desatualizados há mais de dois anos e, por conta disso, a Secretaria de Assistência Social está agendando as entrevistas junto às famílias que precisam atualizar os dados. A verificação das informações tem a finalidade de manter os dados ativos, já que o CadÚnico é pré-requisito para o encaminhamento de candidatos a programas habitacionais.

 

Os atendimentos estão ocorrendo diariamente no Salão do Empreendedor localizado no Centro Administrativo da prefeitura. Atualmente, 1.210 famílias recebem os benefícios em Petrópolis. Destas, 390 recebem R$ 500 referentes ao Auxílio Aluguel pago pelo município e depositado diretamente na conta do proprietário do imóvel alugado. O Auxílio Emergência no valor de R$ 100 é pago pelo município por meio de depósito em conta a 58 famílias. Já o Aluguel Social no valor de R$ 500 é pago pelo Estado a 762 beneficiários por depósito pela Caixa Econômica Federal.

 

A Secretaria de Assistência Social realizou a atualização de dados em Itaipava em julho. A região tem 268 pessoas que recebem o benefício, pago pelo Governo do Estado, desde as chuvas de 2011.

 

“O que estamos fazendo neste momento é a atualização no CadÚnico. Essa verificação de dados se faz necessária, pois algumas famílias que participam do programa, não estão atualizando o cadastro que é obrigatório a cada dois anos. No ano passado, entre outubro e novembro, foi realizado outro processo, o recadastramento do auxílio aluguel do município. Cabe ressaltar que os 726 beneficiários que recebem o aluguel do Estado estão aguardando o chamamento para o recadastramento desde 2015”, explica a Secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

 

Os agendamentos estão ocorrendo por telefone, para que os beneficiários que necessitam atualizar os dados no CadUnico, compareçam no Salão de Empreendedores localizado no Centro Administrativo da prefeitura na Avenida Barão do Rio Branco, n. 2.846, de segunda a sexta-feira, de 10 às 17h.  Os beneficiários também podem ligar para a Secretaria de Assistência Social para solicitar informações sobre o processo pelo telefone (24) 2233-8107.

 

“É preciso alertar à população que muitas pessoas não precisarão atualizar o cadastro por já tê-lo feito recentemente. Nós estamos fazendo a busca pelo Número de Inscrição Social (NIS) que estão há dois anos em atraso na atualização das informações. Gostaríamos de solicitar aos beneficiários que compareçam no Centro Administrativo no dia e hora agendado. Estão ocorrendo muitas faltas o que prejudica todo o processo de atualização”, afirma Denise Quintella.

 

Os beneficiários deverão apresentar original dos seguintes documentos de todos que residem no domicilio: carteira de identidade e CPF do titular do benefício e do cônjuge/companheiro; título de eleitor; carteira de trabalho ou contracheque; certidão de nascimento ou de casamento; certidão de nascimento ou RG dos dependentes e comprovante de residência atual.

 

O Aluguel Social é um benefício assistencial de caráter temporário, instituído no âmbito do Programa Estadual Morar Seguro, destinado a atender necessidades advindas da remoção de famílias domiciliadas em áreas de risco, desabrigadas em razão de vulnerabilidade temporária, calamidade pública ou em razão de Obras do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), sendo coordenado pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), por meio da Superintendência de Políticas Emergenciais (SUPEM).

 

A partir de Maio de 2015 o benefício passou a ser pago exclusivamente por meio de conta bancária, sendo obrigatória a inscrição do beneficiário no CadÚnico, ferramenta do Governo Federal que mapeia e identifica as famílias de baixa renda. A inclusão destas famílias no CadÚnico deve ser feita pelo município, para subsidiar a formulação e implantação de políticas públicas que atendam a essa parcela da população, com a comprovação de que possui o Número de Identificação Social.

 

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura de Petrópolis