tn_foto--Jogos-eletrônicos-des

Dois games gratuitos criados pelo grupo de desenvolvimento de jogos Fellowship of the Game serão apresentados ao público na Semcomp, evento que terá início na próxima sexta-feira, 11 de agosto, com a tradicional Game Jam, uma maratona de desenvolvimento de jogos

 

tn_foto-3Jogos-eletrônicos-des

Dois jogos eletrônicos desenvolvidos por alunos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, serão lançados durante a Semana de Computação (Semcomp 20), que acontece de 11 a 18 de agosto no Instituto. Gratuitos, os jogos foram criados pelo grupo de extensão Fellowship of the Game (FoG), que é focado no estudo e desenvolvimento de jogos eletrônicos.

 

A produção de conteúdo original é uma maneira de enriquecer a Semcomp, que já é vista como uma das maiores semanas de computação do Brasil, além de mostrar a força do ICMC na área de jogos, um campo que vem crescendo nos últimos anos. “Fazer jogos para a Semcomp gera um ambiente cultural muito gratificante, no qual nossos membros podem trabalhar em projetos inovadores e receber um feedback sólido de diferentes públicos”, conta Gabriel Simmel, presidente do FoG.

 

Aliás, os jogos já estarão presentes no início da Semcomp, quando ocorrerá a tradicional Game Jam, um desafio em que a meta é criar um jogo em apenas 48 horas. A maratona é aberta a todos os interessados ― programadores, artistas, músicos, roteiristas, designers e outros entusiastas ― e começa na próxima sexta-feira, 11 de agosto, às 17 horas, no auditório Luiz Antonio Favaro do ICMC. Para participar, basta se inscrever gratuitamente no site da Semcomp 20. “A participação do FoG na Semcomp é essencial para fortalecer nossa organização. Além disso, serve de janela para que a comunidade conheça os conteúdos gerados no ICMC”, diz Marcos Vinicius Junqueira, presidente da comissão organizadora da Semcomp 20.
A tradição de ter jogos temáticos e exclusivos para eventos do ICMC surgiu em 2015, quando o FoG desenvolveu o puzzle (quebra-cabeças) musical ChronoChromatic. Em 2016, foi a vez do grupo criar o jogo PiCross para o Simpósio de Matemática para a Graduação (SiM). Neste ano, a parceria entre FoG e Semcomp foi intensificada com a produção dos dois jogos, que tem propostas e conceitos distintos e inovadores.

 

Desafio tridimensional ― Um dos jogos desenvolvidos é o puzzle 3D Stack. Inspirado no clássico game Tetris, o objetivo é empilhar blocos montáveis e formar linhas de peças na mesma cor. “A ideia era criar um jogo que desafiasse a visão espacial e o raciocínio lógico do jogador ao invés de seus reflexos”, explica Rafael Gallo, game designer e programador do jogo. Por isso, Stack garante uma boa visão do tabuleiro: “assim, o jogador pode considerar muito bem suas opções e descobrir o melhor movimento a cada rodada”, afirma Rafael.
O jogo estará disponível para computadores a partir da abertura oficial da Semcomp, no dia 14, quando os participantes da semana irão competir pela melhor pontuação durante um dos concursos do evento. Entretanto, já é possível acessar a versão preliminar do jogo (beta) neste link: https://fellowship-of-the-game.itch.io/stack.

Escalando para a vitória ― Com um estilo mais rápido, Crystal Rise é a outra produção original do FoG para a Semcomp 20. O objetivo é levar o jogador a acertar alguns dos múltiplos cubos que flutuam e se solidificam. Ao acertá-los, o jogador pode usar esses blocos sólidos como escada para subir o mais alto e rápido possível, antes que uma névoa cubra o personagem.

Segundo Arthur Souza, da equipe de programação, Crystal Rise foi pensado no estilo First Person Shooter (FPS), que é um jogo de tiro em primeira pessoa. “O gênero é conhecido por ter uma mecânica clássica, em que, normalmente, você deve mirar e atirar no seu oponente. Então, pensamos em fazer algo mais criativo e desafiador. Acredito que conseguimos realizar isso, mantendo a concorrência e diversão enquanto o jogador avança”, afirma Arthur. Crystal Rise será lançado na Gamenight da Semcomp, que começa às 23 horas do dia 17 de agosto, quinta-feira, e continua durante a madrugada. Depois do evento, o jogo também estará disponível gratuitamente para o público no site do FoG.

48 horas de produção ― Participar e realizar maratonas de desenvolvimento de jogos faz parte da rotina dos membros do FoG. Em julho, por exemplo, o grupo participou da Game Maker’s Toolkit Jam. Durante o evento internacional, mais de 700 jogos foram produzidos em apenas 48 horas. Entre esses jogos está o Traveling Light, criado pelo FoG.

“É bem divertido fazer uma coisa tão diferente em pouco tempo. Você encontra muitos problemas e tem que ser rápido para resolver, trabalhando sempre com pessoas de outras áreas para seu jogo ser coerente”, explica Anayã Ferreira, membro do FoG e artista do game. Em Traveling Light, a ideia é mover uma esfera de luz pelo tabuleiro usando o conceito da dualidade. Para acessar esse jogo, que está disponível gratuitamente em versões para Windows, Android e navegadores de internet, clique neste link: https://anayagf.itch.io/traveling-light.

 

 

Texto: Assessoria de Comunicação do ICMC
Com a contribuição de Gabriel Toschi, coordenador de relações públicas do FoG
Foto: Divulgação