A informação foi dada pelo ministro britânico de Finanças, Philip Hammond

O processo de saída do Reino Unido da União Europeia, o chamado Brexit, não será atrasado. A informação foi dada pelo ministro britânico de Finanças, Philip Hammond. Segundo ele, as negociações já estão acontecendo para estabelecer os parâmetros da saída de Londres do grupo de nações europeias.

“Não haverá atraso no processo do Brexit. O relógio está avançando e nós já estamos nesse processo”, disse após reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. O ministro britânico explicou que as negociações estão focadas especialmente sobre como será a relação entre Londres e Bruxelas após a saída dos britânicos do bloco.

A jornalistas, Hammond explicou que o Reino Unido terá um acordo comercial independente com a União Europeia como “não membro”, assim como o Brasil tem com o bloco europeu.

Enquanto negocia com os sócios europeus a saída do bloco, o ministro britânico disse que o Reino Unido quer reforçar a relação comercial com o Brasil. O ministro deu como exemplo a possibilidade de os britânicos apoiarem a melhora da infraestrutura no Brasil – os britânicos têm grande experiência em parcerias público privadas (PPPs).

Outros setores que podem ser explorados pelos dois países, disse o ministro, são serviços financeiros, como a gestão de recursos e o setor de seguros, além da nova fronteira das chamadas “finanças verdes” – iniciativa para expandir empreendimentos sustentáveis.