tn_Barbosa Brasil é o país do tapinha nas costasA afirmação é do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, em entrevista à GloboNews no final da noite desse domingo (23). O ministro estava comentando os rumores sobre uma possível candidatura a um cargo político e descartou logo a presidência da República.

“Recebo inúmeras manifestações de carinho, pedido de cidadãos comuns para que me lance nessa briga (candidatura), mas não me emocionei com a ideia”, falou Barbosa. O ministro garantiu que não tinha planos de se candidatar a um cargo político em 2014 mas não afasta a hipótese de se envolver mais na vida política do Brasil.

Ele comentou também as penas dos condenados do mensalão, processo no qual foi relator. Questionado sobre se as penas foram pesadas, o presidente do STF apenas disse “pelo contrário”. Para o ministro, o Supremo é mais severo com o que ele chama o “cidadão comum”.

“O Supremo chancela em habeas corpus coisas muito, mas muito mais pesadas”, falou Joaquim Barbosa, escreve o site de notícias UOL.

Notícias ao Minuto