tn_Petrópolis-em-Serenata-3-(P

 

Apresentações itinerantes gratuitas pelos bairros do município serão realizadas uma vez por mês; primeira será no dia 25 de maio em Cascatinha

 

           

A poesia musicada volta a embalar as noites da Cidade Imperial com o projeto Petrópolis em Serenata, retomado neste mês pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes. Após oito meses interrompidas, as tradicionais apresentações itinerantes gratuitas com os seresteiros da cidade estão de volta aos bairros do município, começando no dia 25 em Cascatinha. Todo mês, uma comunidade de Petrópolis será contemplada com a música dos seresteiros que resgatam as composições do cancioneiro popular.

 

“Esse trabalho, a serenata tem a ver com a identidade de Petrópolis, com o charme da cidade que respira cultura em todas as suas formas e expressões. Não podíamos deixar parado um projeto tão bonito de resgate e valorização de um estilo musical, e que leva para toda a população a música com composições que remetem mensagens de amor e de tantas coisas boas”, disse o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo.

 

Para o coordenador do projeto, José Lacerda, idealizador junto com César Olímpio, a preocupação da gestão em manter vivo o trabalho de mais de uma década mostra a valorização da cultura petropolitana.

 

“É muito importante para a nossa cultura, pois há 16 anos fazemos esse resgate da serenata nos bairros, comunidades e distritos de Petrópolis, que antigamente tinha viva a serenata. Era muito comum nas cidades do interior, mas na maioria foi acabando. Nosso foco é resgatar e preservar esse estilo musical, que é a verdadeira poesia musicada”, frisa Lacerda, destacando o sucesso do Primeiro Encontro de Seresteiros realizado em abril no Theatro D. Pedro.

“Esse era um sonho antigo meu e a atual gestão abraçou a ideia de realizarmos o Primeiro Encontro de Seresteiros que atraiu cerca de 500 pessoas ao Theatro D. Pedro marcando o retorno desse trabalho de resgate. Foi um encontro de interação entre quase 40 seresteiros da cidade e de outros municípios, como Conceição de Macabu e Rio de Janeiro, provando que a serenata tem público”, disse Lacerda.

 

As apresentações do Petrópolis em Serenata acontecem uma vez por mês em diferentes comunidades. Os seresteiros circulam pelas ruas do bairro entoando clássicos do cancioneiro popular. Neste ano recebem o projeto os moradores de Cascatinha, no dia 25 de maio; Nogueira, no dia 22 de junho; no distrito da Posse, em 27 de julho; no dia 24 de agosto no Campo do Serrano; já em setembro, no dia 28, a apresentação acontece no Morin; no dia 26 de outubro na comunidade do Gulf; na Mosela, no dia 23 de novembro; e tradicionalmente em dezembro, no dia 21, para os pacientes e visitantes do Hospital Alcides Carneiro.

 

Assessora de Comunicação
Instituto Municipal de Cultura e Esporte