tn_Niterói, São Gonçalo e ItaboraíO governador Sérgio Cabral e o vice-governador e coordenador de infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, inauguraram, nesta terça-feira (7/1), a sede provisória da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, na Rua Desidério de Oliveira, 33, no centro de Niterói. A unidade ganhará 150 policiais e funcionará de segunda a segunda, 24 horas por dia. O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, e a Chefe de Polícia Civil, Martha Rocha, também participaram do evento.

- Mais um avanço na política de segurança da região de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, a Divisão de Homicídios significa combater o que há de pior no ponto de vista civilizatório: a morte. Nós recebemos o estado com 43 homicídios por cem mil habitantes, hoje já alcançamos 24 homicídios por cem mil habitantes. Aqui nesta região estes índices vão baixar vigorosamente a partir da unidade que aumenta o seu tamanho, estrutura e condições de trabalho e soma-se a outras delegacias e especializadas – disse o governador Sérgio Cabral.

A unidade terá 150 policiais e dez delegados para intensificar as investigações de homícidios e roubos seguidos de morte na região.

- Hoje está sendo inaugurada a Divisão de Homicídios, que tem competência nos municípios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. O prédio é provisório e nós aguardamos para o segundo semestre de 2014 a entrega da nova sede. Vamos funcionar com 150 policiais, 40 viaturas e dez delegados. Vamos investigar homicídios e roubos seguidos de morte. Pretendemos, com uma atividade intensa de investigação, monitorar as quadrilhas que praticam estes tipos de crime – disse Wellington Vieira, diretor da unidade.

A chefe de Polícia, delegada Martha Rocha, informou que a nova Divisão de Homicídios vai desafogar o trabalho das delegacias distritais do município, que passarão a se dedicar às investigações de outros tipos de crimes, além de receber reforço no efetivo.